Você percebe o esforço logístico por trás dos produtos que consome?

Como consumidores, percebemos pouco ou quase nada do tremendo esforço que está sendo dispendido para movimentar materiais e produtos pelo país

Postado dia 08/12/2016 às 08:00 por Valter Mello

logística

Foto: Reprodução

Conforme dito em nosso primeiro artigo, a logística é a arte e a ciência de movimentar materiais e produtos entre os vários pontos da Cadeia de Suprimentos, transferindo as matérias-primas dos fornecedores até as fábricas para que se transformem em produtos, e depois fazendo a sua distribuição entre os diversos especialistas que foram os canais de distribuição até chegar ao seu portão ou à sua empresa.

Mas na verdade, como consumidores, percebemos pouco ou quase nada do tremendo esforço que está sendo dispendido para tudo isso aconteça. Principalmente quando compramos alguma coisa em uma loja eletrônica, é só aparecer o número do pedido na tela e a confirmação do débito em nosso cartão que já corremos para o portão esperando pelo courier.

E nem nos damos conta das distâncias percorridas entre os fornecedores das matérias-primas até o local de fabricação, dos meios de transporte que foram utilizados, da movimentação interna nas fábricas, do transporte até os diversos locais de armazenagem e deles até os distribuidores, varejistas, até que o produto chegue até você. Quais meios de transporte foram utilizados? Quanto tempo isso levou? Quantas pessoas foram envolvidas? Quanto custou? Qual o impacto para o meio ambiente?

slide1

Essa busca pela compressão do tempo entre o momento da compra e a entrega do produto, tão desejada pelo consumidor, é hoje um dos maiores desafios dos profissionais da logística em todos os estágios. A boa notícia é que há empresas que estão conseguindo atender as exigências cada vez maiores do mercado. E fazendo disso uma importante vantagem competitiva. Afinal, a empatia com o consumidor nos faz enxergar em que precisamos melhorar como empresários.

Isso tem reduzido suas margens de lucro, entretanto isso não chega a ser uma má notícia. Aliás, margens menores é o novo paradigma. Principalmente no Brasil, ainda há um longo caminho a percorrer em direção à eficiência empresarial, incluindo a formação de profissionais adequados a essas exigências.

A má notícia, de verdade, é que ainda estamos caminhando muito devagar na melhoria de nossa infraestrutura viária, na desburocratização dos processos, e na desoneração dos negócios.  Mas isso será assunto de outra postagem.

Enquanto a casa Brasil ainda está se ajeitando, é você empresário que deve cuidar de conseguir o máximo de eficiência logística em sua empresa.

Descubra onde estão os seus problemas e os seus custos escondidos, bem como as oportunidades de melhoria.

Por exemplo:

  • Quantas vezes nesses últimos seis meses você deixou de atender um pedido por não ter o produto desejado pelo seu cliente? Ou muito pior, quantas vezes você deixou de atender um pedido por erro de estoque?
  • Quantas vezes você atrasou uma entrega (por qualquer que seja o motivo)?
  • Você tem estoque ocioso (aquele que não é de fato necessário nem por segurança)?
  • Você sabe qual é o impacto de sua logística na rentabilidade da empresa?
  • Você sabe o custo de uma venda perdida?

O primeiro ponto para obter melhorias é entender a empresa como um sistema em que as diversas áreas ou departamentos trabalhem cooperativamente e de modo harmonioso para obter o sucesso. Você não poderá evitar totalmente os conflitos, mas precisa aprender a reduzir os seus efeitos.

Em seguida, mapeie os seus processos, e decida as métricas que lhe possibilitarão controlá-los. A criação de Indicadores é o primeiro passo na direção do “medir para conhecer”. Nesse primeiro momento, procure se informar sobre as ferramentas adequadas para isso. Não se preocupe com a exatidão e com o rigor técnico, apenas fazer já é uma grande coisa.

Só não fique parado esperando para ser atropelado pela concorrência.

Participe desta jornada em busca da excelência logística. Acompanhe-nos, comente, escreva sobre suas dúvidas.

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Valter Mello

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter