Um bate-papo com o vereador Juliano Abe

No dia 23 de junho sexta feira, aconteceu na Cãmara Municipal de Mogi das Cruzes uma reunião com pessoas vinculadas aos mais diversos segmentos profissionais com o atual vereador Juliano Abe

Postado dia 01/07/2016 às 09:00 por Fernando Maque

juliano abe

Foto: Reprodução/Internet

Eu, Fernando Maque, 45 anos e atualmente exercendo a profissão de cantor, fiz questão de convocar essa reunião para que todos os participantes envolvidos, inclusive o próprio Juliano Abe, pudessem conversar de maneira mais próxima e informal, sem desqualificar a grande importância desse evento, de modo que assim, nós, profissionais residentes em Mogi das Cruzes, tivéssemos a oportunidade de solicitarmos ações, melhorias para a cidade, e interagirmos com os últimos acontecimentos políticos, como por exemplo, a desistência do deputado federal suplente Junji Abe de sua candidatura para Prefeito Municipal.

Esse encontro durou cerca de duas horas, e foi somente o primeiro de mais alguns que irei organizar com o vereador Juliano Abe para que assuntos de interesse público sejam discutidos.

Juliano Abe falou de diversos assuntos. Ele reforçou os motivos pelos quais Junji Abe deixou a candidatura, pelo fato de que estava sendo duramente atacado, que o tempo disponível para ele em sua campanha não era suficiente para se defender das acusações e ao mesmo tempo apresentar seus projetos, e também pela preservação familiar, que também era alvo de ofensas diversas, inclusive com conotações racistas. Juliano também não confirmou se será o cabeça de chapa ou o vice nas disputas eleitorais para Prefeito de Mogi das Cruzes, cujo o prazo para a decisão é até o dia 4 de julho.

Um dos assuntos abordados foi uma série de ideias para o futuro de Mogi. Um deles era voltado para a área de cultura: foram apresentados alguns projetos de integração social, acadêmica e cultural. Um deles sugere que a Prefeitura faça uma triagem com diversos jovens, a fim de incluí-los dentro de escolas particulares para aprenderem música de acordo com suas grades curriculares. Sobre esse assunto Juliano fez algumas ressalvas pertinentes para que o projeto possa ser colocado em prática visando a necessidade do apoio à cultura municipal.

Essa reunião realizada, servindo como um bom modelo para as futuras já planejadas, tem a intenção de aproximar o legislativo do cidadão, que muitas vezes, limita-se a informações restritas sobre o desenvolvimento político da cidade, baseados apenas pelas mídias convencionais, e desse modo estreita a distância já natural entre a vereança e a população.

Nesse primeiro evento houve a participação de 8 pessoas, e no próximo, ainda a ser agendado, o número de participantes deverá ser 15.

 

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Fernando Maque

Filho de uma exímia pianista, Fernando tem a música no DNA, na veia e faz dela sua razão de viver. Um artista ímpar.

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter