Trinta e três noivas na cadeia

O caso da garota estuprada por dezenas de tarados chocou o Brasil

Postado dia 27/05/2016 às 18:06 por Sociedade Pública

estuprada

Foto: Reprodução/Internet

Vivemos em um país que precisa ser domado e domesticado. Vivemos em um mundo que ainda precisa ser descoberto e civilizado

Aqui no Brasil, a população está chocada pelo fato de que trinta e três homens estupraram uma garota de dezessete anos no Rio de Janeiro e ainda publicaram o vídeo na internet. As marcas deixadas em uma pessoa que é violentada não desaparecem, mas infelizmente a sociedade se esquece.

O que se passa na cabeça desses doentes? Que vida essas pessoas tiveram para cometer um ato execrável como este? É com profundo pesar que penso sobre como se sentiu o pai dessa menina, e toda sua família. Fico pensando sobre como pode alguém que possui mulheres em na família ter coragem para tanto, e descer ao mais baixo grau de humanidade para humilhar uma pessoa desse jeito, além de colocar a vida dela em risco de várias maneiras, sujeitando a garota a ficar grávida ou contrair doenças sexualmente transmissíveis.

Trinta e três homens doentes que podem se vestir de noiva quando chegarem à cadeia, pois a população carcerária não perdoa estupradores. E as leis e a educação do nosso povo infelizmente não garantem a integridade das mulheres.

Incrível que ainda existam pessoas que atribuem a culpa deste crime à própria garota que foi violentada. Como se fosse possível justificar alguém cometer tal ato. É preciso que a população comece a pensar que isso pode acontecer com qualquer mulher, inclusive daquelas que estão mais perto de nós.

Eu venho escrever sobre machismo.

Muitos homens possuem uma postura social animalesca, onde aprendem desde pequenos a se impor utilizando a brutalidade. Aprendem a mover-se na intolerância e na violência, sem respeitar ninguém, somente seus próprios desejos doentios. Esse tipo de homem geralmente sofre um complexo de inferioridade, então incapazes de aceitarem sua natureza humana defeituosa e carente de cuidados afetivos, passam a agir na sociedade como selvagens sem cérebro. Esse perfil de homem normalmente é introspectivo e não aceita críticas ou rejeição, como se a menor gota de realidade ao cair em seu ego fizesse transbordar e explodir todo seu medo ou insegurança. Então, a reação é a não aceitação de seu eu inferior, é como se isso causasse uma dor terrível que o deixasse impotente perante o que o espelho da consciência mostra.

Homens que se valem da força bruta e possuem baixa autoestima costumam afastar as pessoas intimidando-as pelo uso de violência. Muitos babacas, para conquistar mulheres em ambientes sociais noturnos como bares e boates, bebem excessivamente, se drogam descontroladamente e arrumam brigas gratuitas para mostrarem que são “machos alpha”, e que assim como no tempo das cavernas, precisam derrotar todos os outros machos de sua espécie para poder acasalar. Então, é natural que eles queiram se exibir de formas primitivas e assustadoras, e ainda assim, infelizmente, muitas mulheres gostam desse perfil de idiota do sexo masculino, e estão dispostas a aturarem suas grosserias e barbáries.

Por outro lado, existem mulheres que aprenderam desde cedo a se valorizarem e não aceitam certos tipos de comportamento machista; essas mulheres muitas vezes são agredidas e ofendidas em boates por seres estúpidos que não aceitam perder nunca. Aquilo que nós gostamos verdadeiramente, cuidamos e tratamos bem. Se um homem ofende, bate ou trata mal uma mulher, presumo que ele não goste de mulheres, então se ele não gosta de mulheres, talvez ele as procure para puni-las por não conseguir aceitar sua homossexualidade enrustida.

O machista é uma pessoa insensível que não aceita a liberdade e a opinião feminina, pois sabem que as mulheres são inteligentes e altamente perceptivas sobre quase tudo, então muitas vezes a opinião crítica feminina faz mal para esses pobres coitados que não querem melhorar suas vidas ou crescer.

A violência contra a mulher é milenar. Elas foram censuradas e subtraídas. Algumas civilizações mais evoluídas com o tempo foram reconhecendo cada vez mais a liberdade e cada vez mais o respeito que as mulheres merecem, devido às grandes personalidades femininas de extrema importância social, nos âmbitos políticos, econômicos, religiosos, filosóficos, acadêmicos, mercadológicos entre diversos outros setores da sociedade.

A luta feminina pela igualdade e pelos seus direitos continua e vem aumentando. Hoje diversos grupos feministas reivindicam que a sociedade reconheça a igualdade entre homens e mulheres e que não haja mais segregação de gênero. Alguns grupos feministas perderam o bom senso realizando protestos esquizofrênicos, que não representam de fato as mulheres, e sim representam uma agressividade indomada que é tão prejudicial quanto a intolerância machista, e desse modo não será possível conquistar direito algum pois bate de frente com muitos valores por estarem ligadas diretamente com intenções partidárias dentro de militâncias políticas.

Mas a mensagem dos grupos feministas independentemente do tom que utilizam é clara: As mulheres precisam de maior incentivo da população para que seus direitos, moral e integridade sejam preservados e garantidos. Elas estão cansadas de serem oprimidas, violentadas, humilhadas, estupradas e mortas simplesmente porque ainda existe uma cultura hereditária de diminuí-las. É possível entender tamanha revolta, pois infelizmente os relatos de abusos continuam. A sociedade brasileira evoluiu em partes, mas existem países ainda que as mulheres são tratadas como escravas e não são reconhecidas em nada.

Que essa situação possa mudar o quanto antes para acelerar o processo de evolução social brasileiro, e que as leis do país possam aumentar a severidade das punições para os crimes contra a mulher.

Desejo paz, amor e justiça!

Compartilhar:

Leia também

Assine a nossa newsletter