Trabalho e satisfação, eis a questão

Não existe vida aqui na Terra sem trabalho. Diversão é consequência

Postado dia 05/08/2016 às 09:07 por Renata Adriane

satisfação

Foto: Reprodução/Internet

Está certo que nem todo mundo faz o que gosta. Nem sempre você está no trabalho que mais te motiva, ou que te oferece o melhor retorno financeiro. Mas pensa comigo de uma forma inteligente: ou você resolve que vai cair fora, ou trabalha durante o período de tempo que for necessário com mais satisfação. Sabe por quê? Nessa história toda quem mais tem a perder se não fizer uma boa escolha é você mesmo.

Não brinque com a sua saúde! Mau humor e insatisfação podem até resultar em baixa produtividade, pouca conversão para vendas e, assim, um prejuízo para os negócios. Porém, acima de qualquer outra coisa está o seu patrimônio de valor incalculável. Seu bem-estar, seu equilíbrio físico e mental.

O trabalho deveria ser fonte de prazer, de divertimento. E é assim que Freud, pai da psicanálise, o descreve. Contudo, sobretudo no mundo atual, o trabalho tem sido percebido como fonte de sofrimento para várias pessoas.

O que está acontecendo? Que ideia é essa que você tem de trabalho? E da vida?

Alô, alô! Planeta Terra chamando!!! Não existe vida aqui na Terra sem trabalho. Diversão é consequência.

Liberte-se de suas crenças de que existe vida fácil. E abra mão de pensar também que trabalhar é sinônimo de sacrifício.

Invista mais amor no que você faz, durante o tempo que faz, por mais que não seja a atividade mais interessante do mundo.

Goste mais de você e faça das horas de trabalho momentos mais satisfatórios!

Essa é uma escolha que só cabe a você fazer. Torço para que escolha ficar mais feliz.  Porque gente feliz contagia o mundo com boas vibrações. Pense nisso!

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Renata Adriane

Renata Adriane é Psicóloga, Consultora e Palestrante. Especialista em Comportamento Humano e Gestão de Conflitos.

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter