Todo mundo esperando o fim do mundo

Mas... Mal sabem todos que o mundo já acabou faz tempo!

Postado dia 01/04/2016 às 08:00 por Fernando Maque

mundo

Foto: Reprodução/Internet

Maridos e esposas que juram fidelidade aos pés de Deus e traem tão facilmente quanto trocam de roupas;

Criancas que encontram mais diversão em videogames que nos braços dos pais;

Mulheres que exigem serem tratadas como mulheres de respeito e se encantam dançando e cantando aos coros “eu quero tchu… eu quero tcha”; homens que exigem uma moça pra casar e as procuram numa zona de esquina e se supreendem por “não ter achado a mulher ideal”;

Pobres morrendo em filas e mais filas de hospitais enquanto governos desviam milhões em medicamentos e recursos para a saúde de uma nação inteira; professores que são tratados com menos importância do que o quadro negro; filmes feitos para entreter com o título de “E ai? Comeu?”;

Pais se surpreendem pela filha ter perdido a virgindade aos 12;

Músicas que com o tempo passaram a ser consideradas utópicas e irreais como “Esse cara sou eu”;

“Amigas” que nos magoam até o fundo da alma quando sorriem ao mesmo tempo que nos apunhalam pelas costas de maneira cruel e indefesa;

Pais que preferem ser “chefes” ao invés de amigos por toda uma vida.

O mundo já acabou…

Estamos vivendo dos restos, das remanescentes migalhas morais que nos deixaram…

Ah… E podem me xingar sim, dizer que eu sou conservador, chato, radical, pessimista, derrotista, o que for. Eu não me importo. O que vejo e o que sinto deste mundo despedaçado pela falta de amor, é o que me preocupa.

O meu mundo colorido não existe mais… por isso canto. Para a minha própria esperança que através do amor, e só através do amor… que este mundo se recupere.

Vai ser difícil… Pois enquanto o mundo preferir “tcha e tcha”; esse cara, que sou eu… não poderei existir.

Força mundo! Renove-se pois, eu amava morar em você quando tudo era menos malicioso e seus inquilinos menos mesquinhos. Deus…. ensine-nos novamente a não desperdiçar nosso livre arbítrio. Não mande seu filho de novo… não faça isso com ele novamente…. pois… vamos matá-lo… mas, desta vez… de desgosto!

#:
Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Fernando Maque

Filho de uma exímia pianista, Fernando tem a música no DNA, na veia e faz dela sua razão de viver. Um artista ímpar.

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter