Teatro da Neura estreia peça sobre sincretismo e religiosidade no Espaço N

Com direção de Antônio Nicodemo e Lígia Berber, peça será apresentada no dia 13 e permanece em cartaz até o fim de agosto

Postado dia 11/08/2016 às 09:00 por Cidão Fernandes

 

menino

Foto: O Menino Gigante -@Loraine Gomes

O Teatro da Neura, em outubro do ano passado, deu início a uma das pesquisas mais simbólicas de sua história. Trata-se de “O Menino Gigante ou Os Dez Fevereiros – Um Ensaio Para o Sábado de Aleluia”, que tem como base o protagonismo feminino vinculado à fé, ao sincretismo, à religiosidade, à cultura e à tradição popular brasileira. E o resultado de tamanha imersão pode ser conferido no dia 13 de agosto, às 20 horas, no Espaço N de Arte e Cultura, localizado na rua José Garcia de Souza, 692, no Jardim Imperador, em Suzano.

Escrito por Antônio Nicodemo, que divide a direção com Lígia Berber, o espetáculo pode ser assistido até o fim do mês, aos sábados e aos domingos, e tem ingressos no valor de R$ 10. Há meia-entrada para estudantes, idosos e moradores do Jardim Imperador, mediante comprovação de endereço. As entradas estão sendo vendidas antecipadamente. Para adquiri-las, basta comparecer à sede do grupo. A classificação indicativa é de 12 anos.

menino

Foto: O Menino Gigante – Por Loraine Gomes

Com um elenco composto por convidados e integrantes da companhia teatral, a peça aborda a história de Bárbara, que tem como missão fazer com que a cabeça do filho atinja o céu antes de seus 10 anos. Apaixonada pelo marido morto, ela continua a engravidar dele por espontaneidade e afeto. Na trama, há também a madrinha cega, que lê o futuro na arcada dentária; a tia morta, que esqueceu de deitar; e a avó, que não anda e recebe visita de anjo; dentre outros.

De acordo com Antônio Nicodemo, que também é fundador da companhia teatral, o espetáculo teve como pontapé inicial a imersão na cultura religiosa da comunidade do Morro da Sereia, situado no bairro Rio Vermelho, em Salvador, na Bahia. O dramaturgo permaneceu por 11 dias de fevereiro no local, vivenciando a rotina dos moradores e os preparativos para a Festa da Iemanjá, que ocorre, anualmente, no dia 2 do mesmo mês com a entrega das oferendas.

“A vivência em Salvador foi muito importante para o desenvolvimento do espetáculo. No entanto, ele só se tornou ainda mais possível graças à participação dos atores, tanto os integrantes do grupo quanto os convidados, que compartilharem vivências pessoais sobre fé, religiosidade e tradição. A expectativa para a peça é muito grande, pois conta com grande elenco e é a primeira estreia do Teatro da Neura em sua sede”, comenta o dramaturgo.

Ainda segundo Nicodemo, a peça tem uma proporção muito grande por anunciar a continuação da Trilogia dos Sacros Dias, que iniciou com “O Velório”, segue com “Sábado de Aleluia” e finaliza com “Precisamos Falar Sobre Virgínia”. “‘O Menino Gigante ou os Dez Fevereiros – Um Ensaio Para o Sábado de Aleluia’ é uma forma de anunciar o ‘Sábado de Aleluia’, a segunda parte da Trilogia dos Sacros Dias. É emocionante dar continuidade à pesquisa por meio de um espetáculo criado no Espaço N e ter a Lígia Berber, que é protagonista da primeira peça, dividindo a direção comigo”, celebra.

 

Trocas de experiência

Um dos destaques para o processo de produção do espetáculo foi a troca de vivências entre a direção e os atores. Segundo Lígia Berber, que vivencia pela primeira vez a experiência de dirigir uma peça do Teatro da Neura, “O Menino Gigante ou os Dez Fevereiros – Um Ensaio Para Sábado de Aleluia” abriu as portas para o novo, a troca, o respeito pela crença do outro e a trajetória de vida dos integrantes do grupo e de atores convidados.

“O elenco, por meio dessas experiências, agregou ao nosso histórico de grupo e ao espetáculo como um todo. Foi uma sala de ensaio de muita criatividade. É lindo ver o brilho no olho, o encantamento pela história do outro e muitas vezes a identificação e semelhança na criação da cena e nas inspirações”, finaliza Lígia.

 

Serviço:

“O Menino Gigante ou Os Dez Fevereiros – Um Ensaio Para o Sábado de Aleluia”

Quando: Até o fim deste mês, sempre aos sábados e domingos

Horário: Às 20 horas

Local: Espaço N de Arte e Cultura

Endereço: Rua José Garcia de Souza, 692, no Jardim Imperador, em Suzano

Entrada: R$ 10, com meia-entrada para estudantes, idosos e moradores do Jardim Imperador, mediante comprovação de endereço

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Cidão Fernandes

Ator, diretor teatral e produtor artístico. Diretor Geral do Teatro da Neura, grupo com 11 anos de trabalhos sediado em Suzano. Militante cultural e curioso.

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter