Rota do Chá é novo roteiro turístico de Mogi das Cruzes

O novo roteiro fez parte do projeto Jornada Cultural AFPESP, que se propõe ao desenvolvimento de atividades turísticas voltadas à cultura de seus associados

Postado dia 25/05/2016 às 09:00 por Renato Castrezana

Foto: Reprodução/Internet - Casarão do Chá, famoso ponto turístico em Mogi das Cruzes

Foto: Reprodução/Internet – Casarão do Chá, famoso ponto turístico em Mogi das Cruzes

Neste último final de semana teve início, em Mogi das Cruzes, uma nova rota turística: a Rota do Chá. Já na primeira viagem, 90 membros da Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo (AFPESP) estiveram na cidade conhecendo a ligação histórica e centenária de Mogi das Cruzes com a imigração japonesa no Brasil.

O novo roteiro fez parte do projeto Jornada Cultural AFPESP, que se propõe ao desenvolvimento de atividades turísticas voltadas à cultura de seus associados, que ressaltem as variáveis históricas e culturais da cidade visitada. Essa é a segunda vez que o grupo da AFPESP vem à Mogi das Cruzes com o apoio da operadora de turismo Graffit. A primeira visita foi feita à Sabaúna com a temática do trem.

O ponto central desse roteiro é o Casarão do Chá, construído no bairro do Cocuera, em 1942, pelo arquiteto-carpinteiro Kazuo Hanaoka. Até 1968 funcionava uma fábrica no local, onde se processavam e embalavam as folhas de chá.

O objetivo desse roteiro foi apresentar a obra arquitetônica que é considerada patrimônio cultural do Brasil, do Estado de São Paulo e dos cidadãos mogianos, sob o ponto de vista de um registro da presença dos imigrantes japoneses na região. No casarão podem ser vistas técnicas construtivas tradicionais do Japão adaptadas à realidade local.

A vinda de japoneses para o Brasil a partir de 1908 pode ser observada nas diversas famílias remanescentes de imigrantes que se estabeleceram por todo o bairro do Cocuera com o objetivo de trabalhar a terra, cultivar verduras e frutas. A maior parte dos japoneses que vieram para a região de Mogi nas décadas de 1920 e 1930 já tinham chegado ao Brasil há algum tempo, porém, muitos deles tinham se encaminhado primeiramente para as plantações de café.

A primeira parada da rota foi o Sítio Nakahara, no bairro do Cocuera, que apresenta um pouco da história e rotina dos descendentes de imigrantes da família Nakahara. Durante o ano todo, a propriedade produz diversas frutas, como: caqui rama forte, caqui guiombo, caqui fuyu, atemóia, ameixa rubi mel, lichia e mexerica; além de orquídeas e o famoso tomate cereja. O sítio também conta com monitoria de turismo, passeio de carretinha, café rural simples de boas vindas e almoço.

Logo após o almoço, o grupo se dirigiu ao atrativo principal desse roteiro temático, o Casarão do Chá. Com a monitoria de Miha Nakatani, conheceram a diferenciada arquitetura do lado externo da obra e depois o lado interno, onde se encontra um acervo em exposição que retrata a imigração japonesa no Brasil. Em seguida, os visitantes assistiram a uma palestra sobre o chá, abordando sua história, suas variedades (chá preto, branco, verde), seu cultivo e processamento.

Ao final da tarde foi oferecido aos visitantes o tradicional chá da tarde com três tipos (chás preto, branco e verde), biscoito de gengibre, torta e bolos típicos. Enquanto todos apreciavam os chás, o grupo Mari Nishimura fez uma apresentação de taiko e de músicas japonesas.

Segundo a dona Lu Nishimura, integrante do grupo musical, “É sempre bom receber pessoas interessadas em conhecer nossa cultura, as crianças ficam muito felizes em se apresentar. Nosso grupo tem como objetivo divulgar a cultura e tradição japonesa”, disse Lu Nishimura, integrante do grupo musical. Em agradecimento, as crianças e seus pais participaram do chá da tarde junto com os visitantes.

Informações: Sítio Nakahara
Endereço: Estr. Fujitaro Nagao
Tel. 11 – 4792-2556 / 11 – 99476-3311
E-mail: sitio-nakahara@asdetur.com.br
Horário: com agendamento
Casarão do Chá
Endereço: Estrada do Nagao, km 3 (acesso pelo km 10 da Estrada Mogi-Salesópolis)
Telefone: 11 – 4792-2164
Horário: aos domingos, a partir das 9h
Operadora do Roteiro do Chá – Graffit Turismo

Telefone: 11 – 5549-9569

E-mail: carlos@graffit.com.br

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Renato Castrezana

Publicitário e professor de marketing, chefe de divisão de marketing e projetos turísticos na Prefeitura de Mogi das Cruzes

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter