Resfriado ou Gripe? Saiba reconhecer – incluindo H1N1

É só o frio começar a chegar que os prontos-socorros e consultórios, incluindo aí os de pediatras, ficam lotados com crianças e adultos com suspeita da famosa gripe. Os doutores Ariovaldo Ribeiro Filho e Ana Lucia Dias Paulo desvendam as diferenças e indicam como se prevenir desses males de inverno.

Postado dia 20/05/2016 às 08:00 por Ariovaldo Ribeiro

gripe

Foto: Reprodução/Internet

 

Gripe ou Resfriado?

Primeiro é bom que se saiba, há diferença entre um e outro.homeopatia

A gripe é uma infecção respiratória causada pelos vírus da família Influenza. Existem vários subtipos de Influenza, como o tão falado H1N1, capazes de provocar quadros de gripais mais ou menos graves.

O resfriado por sua vez também é uma infecção respiratória viral, mas existem dezenas de vírus diferentes que podem provocar o resfriado, como Rinovírus, Adenovírus, Parainfluenza, etc.

A gripe é o quadro mais sério e requer atenção. Ela é um quadro infeccioso e causa mais transtornos. Já o resfriado tem menos sintomas e, quando a alimentação e resistência do paciente são bons, costuma passar sozinho.

Sintomas

Em geral, é fácil de perceber a diferença entre uma e outra, mesmo quando alguns dos sintomas são os mesmos.

Coriza, espirros e dor de garganta costumam aparecer em ambas, já no primeiro dia de manifestação da doença. Já febre, dor de cabeça e tosse seca são mais comuns apenas na gripe. Vale observar o quadro geral do paciente para identificar uma ou outra. Na dúvida, procure sempre um médico homeopata de sua confiança.

Como evitar

Nessa época do ano é comum as pessoas fecharem portas e janelas para não deixar o frio entrar, mas é muito importante para o combate e para evitar o contágio a circulação de ar. Principalmente em locais com aglomeração de pessoas, como transportes públicos e eventos.

Dr. Ariovaldo também recomenda que uma vida saudável, com prática regular de exercícios físicos, boa alimentação, dormir bem e evitar estresse, ajuda a manter o corpo livre desses e outros vírus. “Tomar bastante liquido, manter uma vida saudável, evitar exposição ao frio muito intenso ajuda a manter esse vírus longe, pois proporciona uma boa resistência da pessoa à exposição”, confirma o médico.

H1N1

homeopatiaApesar da ampla divulgação na imprensa, é bom que se diga que esse vírus provoca uma gripe mais intensa, mas não incurável. A diferença desse para outros vírus da gripe é que ele ataca as vias respiratórias e, naquelas pessoas que já possuem algum quadro de doenças respiratórias, como bronquites ou asmas, o quadro da gripe fica grave.

Para evitar o contágio por esse tipo de vírus a recomendação é a mesma dos demais: Evite lugares com aglomerações de pessoas, mantenha uma alimentação saudável, beba bastante líquidos. Acrescentamos à essas recomendações, lavar as mãos várias vezes por dia e sempre que chegar da rua.

O maior risco para H1N1 é para crianças, bebês, que não tem ainda sua imunidade formada, e idosos. A recomendação é que ao sinal de gripe, principalmente H1N1, a pessoa procure um médico homeopata de sua confiança, para evitar complicações.

Vacina

O Ministério da Saúde recomenda que idosos, crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes e mulheres que estão amamentando e portadores de doenças crônicas devem ser vacinados. A vacina trivalente é ministrada gratuitamente no posto de saúde.

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Ariovaldo Ribeiro

Médico homeopata especializado, Especialista em Homeopatia pela Associação Médica Homeopática Brasileira.

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter