Remédios, vacinas e outras drogas

E a relação do mal (mais que) necessário com a maternagem

Postado dia 01/02/2016 às 00:53 por Joyce Silva

injecao

Foto: Divulgação/Internet

Chorei muito. E ainda choro. Cada vez que a Nina precisa tomar uma vacina é um parto. Ela é daquelas crianças escandalosas, abre a boca, faz barulho pelo posto de saúde inteiro. O pai segura, a mãe passa mal. E influencia outras mães, que acabam por fazer cara de choro junto. Tudo por conta de uma picadinha que, desde que foi instituída no Brasil, em 1804, foi responsável por erradicar doenças como varíola e febre amarela em grandes centros e ajudou a salvar milhões de vidas.

Toda vez é a mesma coisa. Pesquiso reações prováveis e improváveis. Caço fóruns de mães e leio sobre crianças da mesma idade e que já foram imunizadas. Tento aliviar a tensão recitando mantras como “logo passa”, “é só uma picada rápida”, “é por um bem maior”. Esse último, o mais verdadeiro de todos, é o que me faz todos os meses entrar no posto de saúde e estender a caderneta de vacinação para a enfermeira.

Meu pediatra é contra super medicação. Mesmo assim, desde que nasceu a Nina toma complementos vitamínicos. Ferro, zinco, uma salada de vitaminas em forma de gotas e colheres de café que ela detesta. Todos os dias me questiono da necessidade de tudo isso. E em todas as consultas também. Mas são tempos modernos e todos os amigos fazem o mesmo. Continuo minha busca em fóruns e afins. Mas não consigo encontrar nada contra. Confesso que alguns dias eu pulo os remédios. Nesses, capricho no feijão, na couve. Dou ainda mais leite materno. Tento compensar naturalmente algo que sei que deveria ter feito pelas vias oficiais.

E está funcionando. A Nina é alegre, cheia de vida e esperta que só. Respeita seu tempo pra tudo e aprende mais a cada dia. O conjunto vacinas e remédios é um dos responsáveis por toda essa vitalidade. Aliados ao cuidado constante, são o mal mais que necessário para o bem maior, o bem da Nina.

 

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Joyce Silva

Joyce Silva é Relações Públicas, atua como sócia da empresa Igba Conteúdo.

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter