Redação, para que te quero?

Em cinco passos simples, um roteiro objetivo para você, estudante, se sair bem nas provas e nos vestibulares.

Postado dia 23/06/2017 às 08:00 por Kelly Carrijo

Foto: Reprodução

Quantas vezes você se sentou pra iniciar a redação naquela prova importante e simplesmente travou? E mesmo quando as ideias se desenvolveram, tudo o que foi colocado no papel parece estar sem sentido ou a argumentação fraca?

Foi pensando nisto que há alguns anos faço um roteiro de como redigir uma redação. Assim você tem um passo a passo pra seguir e o tal branco e a insegurança não têm espaço. Bem, chega de conversa e vamos testar? Segue abaixo, vem comigo.

1) Leia a proposta com atenção:

Este é o ponto mais importante. Errou nele e sua redação está fadada ao zero. Então, leia atentamente o que se pede como a quantidade exigida de linhas, o gênero de texto, as instruções, o texto de apoio, as referências bibliográficas e as imagens.

2) Faça uma apresentação clara, concisa e chamativa:

O seu primeiro parágrafo tem que ser um chamariz pra que o corretor do seu texto se sinta interessado em ler o restante e também deve conter o tema de forma clara e resumida, sem muita delonga. E isso por dois motivos : a quantidade de linhas é pouca e a redundância não agrega nesse tipo de texto.

3) Organize suas ideias:

E escolha de 2 a 3 argumentos (um pra cada parágrafo) bem distintos um do outro e os baseie em dados, fatos históricos, conhecimento advindo de estudioso/especialista do assunto e pesquisas que possam dar credibilidade para sua argumentação, tornando-a mais crível e mais sedimentada , ficando mais fácil de convencer seu leitor/corretor acerca da sua posição.

4) Aposte na simplicidade:

No ENEM, é solicitado que o candidato apresente uma proposta de solução e esta deve ser possível de ser realizada. Ou seja, plausível/cabível não deve ser um colocação mirabolante, pois o que o que a banca quer é que você seja cabeça pensante, mas com os pés no chão. Na FUVEST, eles pedem apenas uma conclusão ou um fechamento sobre o assunto colocando os pontos mais relevantes.

5) Revise sua redação:

Procure por erros gramaticais, ortográficos , de coesão e de coerência para que sua ideia não seja prejudicada por itens técnicos.

Ademais, treine de uma a duas vezes por semana porque a redação pode alavancar seus pontos e a prática é o que pode fazer você melhorar sua organização de ideias, ficar mais rápido na escrita e, ainda, pegar o modo com que estruturar cada parágrafo de acordo com sua função.

Mande suas redações para o e-mail contato@didasko.net.br e respondo suas dúvidas.

 

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Kelly Carrijo

Formada em licenciatura, pós-graduada em Gestão de Negócios e MBA em Gerenciamento de Projetos

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter