Quem não inova está no páreo?

Por que inovar? Para se manter competitivo. Para aproveitar oportunidades de mercado. Para crescer sempre mais

Postado dia 02/08/2016 às 08:30 por Liszeila Martingo

inovar

Foto: Reprodução/Internet

Inovar significa o que mesmo? Inovar é um conceito econômico e social. Algo novo que se realiza no mercado. Ou seja, que o mercado compra.

Segundo a Lei 10.973/2004 e a Lei Paulista 1.049/2008,  inovação é a introdução de novidade ou aperfeiçoamento no ambiente produtivo ou social que resulte em novos produtos, processos ou serviços.

Diferentemente da invenção e da descoberta, inovação é mais que alta tecnologia. Pode ocorrer sem grandes cientistas de pesquisa e desenvolvimento. Mas não é fruto do acaso. É fruto de muito trabalho! A descoberta é um fato científico natural, validado socialmente. A invenção é um construto físico ou intelectual, são os protótipos ou desenhos.

A descoberta é resultado da geração de conhecimento. Já a invenção, além da geração de conhecimento, gerou um protótipo. Já a inovação, além da geração de conhecimento, da construção de um protótipo, também é comercializada.

Além disso, inovação é um processo que pode ser organizado e gerenciado. É um processo porque tem sequência ou rede de atividades, pode ser gerenciado porque tem estratégicas, indicadores e alocação de recursos. E pode ser organizado pois dá trabalho inovar.

A inovação resulta de mudanças tecnológicas, mudanças de padrão de consumo, mudanças da regulamentação e é intensificada pela competição.

As inovações devem, necessariamente, estar disponibilizadas para as pessoas, no mercado, aplicadas nas organizações ou transferidas para a sociedade. Pode apresentar-se em escala local, regional, nacional ou global. E pode ser incremental ou radical.

As inovações são para o bem da sociedade. Os entes que produzem esse bem formam o trio Instituições de Ciência e Tecnologia, Empresas e Sociedade. As empresas, onde se criam os empregos focados nas pessoas. Jã nas instituições são os locais onde a inteligência deve ajudar a fazer com que as empresas possam competir no mercado global.

O interessante é que todos nós temos uma compreensão simplista do que é inovação: algo novo, simples assim… Até o é. Mas é muito mais! O que é simples é que ela está ao nosso alcance. Não é necessário nada mirabolante. Apenas uma visão mais útil.

Existem inúmeras necessidades que não são atendidas. Muitas dores para sanar. Muitas expectativas a serem realizadas. Contudo, só quem tem olhos de ver que chegarão lá.

As novas startups que surgem, EasyTaxi, 99taxi, Uber, entre outras, enxergaram. Elas viram um nicho e conseguiram criar modelos de negócio que ninguém antes havia imaginado. Ou seja, tudo é possível para quem está disposto a buscar soluções para problemas do cotidiano das pessoas, das empresas… Enfim, da sociedade como um todo.

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Liszeila Martingo

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter