Práticas Corporais Chinesas no tratamento e na prevenção de sintomas

Projeto Solidário em Suzano demonstra a eficácia da Medicina Tradicional Chinesa como forma de manutenção da saúde

Postado dia 25/05/2016 às 08:30 por Sociedade Pública

equilibrio

Foto: O terapeuta Alessandre Cozentino durante o treinamento de Qi Gong com seus alunos no Projeto Equilíbrio

Hoje venho falar do projeto que venho realizando na Praça do bairro Boa Vista, em Suzano, desde outubro de 2015. De segunda a sexta, um grupo de pessoas se reune para participar do Projeto Equilíbrio, uma proposta solidária que permite à população da região ter acesso gratuito às práticas corporais da Medicina Tradicional Chinesa.

O nome original dessas práticas corporais é Qi Gong, cuja a melhor tradução é “treino de energia”. De acordo com a proposta, os praticantes são convidados a fazer em cada dia um método diferente de Qi Gong, objetivando determinados resultados terapêuticos através da circulação do Qi – energia vital.

Qi, para os chineses, é a energia que vem do ar e alimenta a todos os seres vivos. No ser humano, além do Qi que vem do ar que respiramos, existe o Qi herdado dos pais e o Qi de tudo que comemos ou bebemos. É a junção dessas formas de Qi equilibradamente no organismo que permite a manutenção da saúde e a prevenção de sintomas.

Além do qi – energia vital, os chineses também mencionam a existência de uma outra forma de energia, conhecida como energia perversa. São consideradas energias perversas a invasão de calor, umidade, frio e vento no corpo, provocando diversos sintomas, entre eles, resfriado, tosse, febre e dores.

Pelo fato das pessoas estarem sempre sujeitas a essa forma de manifestação de sintomas, neste projeto é realizada de segunda-feira uma prática conhecida como Xiang Gong, que expulsa essas energias perversas e restabelece o equilíbrio energético. Também é uma linda meditação de origem budista. O essencial na prática é ter o olhar focado numa imagem mental criada pelo nome dado a cada exercício, tais como “o dragão abana a calda”, “vento balança a flor de lótus” e “remando no mar”.

Na terça-feira é realizada a prática mais popular no Brasil, o Lian Gong em 18 terapias, uma técnica bem eficaz para aliviar dores musculo-esqueléticas, bem como ansiedade e depressão. Está fundamentada na realização de 3 séries de 18 exercícios, nos quais a maioria são alongamentos baseados em movimentos de Tui Na e pressão de pontos de acupuntura.

Tendo trabalhado efetivamente o equilíbrio corporal, na quarta-feira o grupo pratica o Tai Ji Qi Gong, exercícios similares ao Tai Chi, porém realizados em 18 movimentos de modo a fortalecer os órgãos vitais e as vísceras (coração, rim, baço, pulmão, fígado, intestinos grosso, intestino delgado, estômago, bexiga e vesícula biliar). Após esta atividade, os praticantes mais experientes desenvolvem uma sequência de Tai Chi Chuan, que feita em sincronia se torna uma bela apresentação artística.

ale1

Após o equilíbrio de corpo e orgãos, chegou a hora de cuidar de nosso estoque de energia. Na quinta são realizadas duas práticas, Yang Sheng Qi Gong e Dao Yin Bao Jian Gong, métodos que fortalecem a energia ancestral, aquela energia que vem dos pais. É como uma bateria, que precisa ser preservada e fortalecida para durar mais tempo.

Por fim, na sexta é realizada uma prática chamada Wu Chi Chen Kan Tao, também conhecida pelo grupo como “dança chinesa para emagrecer”. São 18 movimentos feitos 2 vezes num ritmo mais acelerado do que costumam ser os métodos tradicionais de Qi Gong. Melhora a circulação e queima calorias. O Projeto Equilíbrio também disponibiliza atendimentos de acupuntura e respiração do renascimento, com uma taxa de colaboração para ser revertida em material a ser utilizado.

Conforme depoimento dos participantes, observou-se a melhora de diversos sintomas, tais como ansiedade, depressão, hipertensão, insônia, dor e calor no estômago, lombalgia, dor ciática, cervicalgia, dorsalgia, esporão de calcâneo, dor nos joelhos, tendinite, bursite, entre outros. Além disso, notou-se mais disposição para atividades diárias, mente calma e fortalecimento de vínculos de amizade entre os participantes.

 

Projeto Equilíbrio

Segunda a Sexta, das 7 às 8 hs., na Praça do Boa Vista – bairro do SESC – Suzano

Coordenador: Alessandre Cozentino, terapeuta corporal de orientação transpessoal

Aberto à comunidade – Contato: 011 99358-5786

Compartilhar:

Leia também

Assine a nossa newsletter