Poupança traz esperança

Poupar é controlar os destinos de suas finanças e, ao mesmo tempo, é a conquista da liberdade de sonhar com dias melhores

Postado dia 31/01/2017 às 08:30 por Luiz Edmundo

poupança

Foto: Reprodução

A passagem de um ano para outro é uma demonstração clara da importância do planejamento e do controle sobre as nossas finanças pessoais. Começamos o ano abonado com o décimo terceiro salário, já que dezembro é aquele mês em que “ganhamos” o dobro do que recebemos nos demais meses do ano.

Antes de pagarmos aquelas contas do começo de ano, como IPVA, IPTU, IR, as despesas com a escola das crianças, talvez um novo contrato de aluguel… Enfim, antes de pagarmos essas contas inevitáveis, surgem os apelos comerciais das festas natalinas, das viagens de férias, aqueles gastos que, apesar de evitáveis, são os mais adoráveis.

Porém, quem resistir a esses apelos poderá pagar as despesas que virão à vista, sem juros – o que no Brasil é uma grande economia, já que estamos no país com a maior taxa de juros do mundo. Senão, a solução é parcelar a dívida e arcar com o custo dos juros.

Essa é a importância do planejamento financeiro e da provisão de uma poupança para enfrentar os gastos futuros.

Vale lembrar a origem do 13º salário, pois não se trata de um benefício concedido, mas sim de uma correção, no futuro, de salários não pagos no passado. Ele é a correção da passagem dos pagamentos feitos semanalmente para os pagamentos feitos mensalmente.

Imagine que você receba $ 100,00 por semana e, considerando que o ano tem 52 semanas, você terá recebido $ 5.200,00 no ano. Quando seu salário passa a ser pago mensalmente, considerando o mês como tendo quatro semanas, seu salário passa a ser de $ 400,00 ou seja, 4X100= 400. E, se o ano tem doze meses, você então recebeu $ 4.800,00. Se acrescermos o 13º teremos então $ 5.200,00, aquela mesma quantia que você recebia quando seu salário era pago semanalmente. Com a desvantagem de que essa correção é feita apenas no final do ano.

Assim, podemos considerar que o 13º salário é uma poupança que fazemos ao longo do ano e que nos é pago em seu final. Ok., sem a correção dos juros.

Não importa, a verdade é que o 13º é uma grana benvinda. Certo também é que para obtê-la não foram necessários os sacrifícios ou controle, como nas poupanças feitas de modo voluntário. O que nos leva a concluir que se involuntariamente a poupança nos causa benefícios, esses benefícios seriam maiores ainda se fossem acrescidos de uma poupança voluntária.

Certo é que poupar é um desafio ao indivíduo, pois consiste em resistir à tentação do consumismo e ao mesmo tempo ter a firmeza com os propósitos assumidos. Desafio esse que grande parte das pessoas só consegue alcançar através de medidas coercitivas, como o 13º salário e o FGTS.

Os benefícios do 13º salário para o trabalhador são indiscutíveis, assim como para o comércio, que tem suas vendas incrementadas no final do ano. Porém, esse efeito é ilusório se compararmos com os rendimentos que o trabalhador obteria com esses valores em aplicações financeiras, como caderneta de poupança, tesouro direto, CDB, etc.

A poupança em 2016 rendeu 8,3%, os títulos do tesouro renderam acima de 10% e as aplicações como CDB (Certificado de Depósito Bancário) renderam entre 9 e 12%.

Comparados com os 0% pagos na correção do 13º salário e, com os apenas metade do rendimento da poupança que é pago pelo FGTS, podemos ver claramente a importância da poupança voluntária na vida dos indivíduos.

A poupança traz esperança de uma vida melhor. Essa esperança não pode estar sobre o controle do Estado, pois cada um é responsável pelo seu futuro e pelo controle de sua situação financeira. Assim, poupar é controlar os destinos de suas finanças e, ao mesmo tempo, é a conquista da liberdade de sonhar com dias melhores.

 

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Luiz Edmundo

Economista e doutor em engenharia da produção, dedicam-se ao ensino superior como professor.

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter