Poliglotas dão 5 dicas fundamentais para quem quer aprender um novo idioma

Hoje é possível aprender idiomas sem precisar sair de casa, por meio de aulas de inglês via Skype, oferecidas por plataformas online como a Preply, com preços atraentes e total disponibilidade

Postado dia 30/05/2016 às 17:47 por Wilson ADM

idiomas

Falar línguas não é fácil e muita gente acaba deixando para aprender quando já está na faculdade ou precisa do idioma para turbinar a carreira. A fluência não acontece do dia para noite e nem de um ano para outro. Aprender uma língua é algo que vai além do A mais B. O número de pessoas que começam a estudar e acabam desistindo pela pressão dos estudos é enorme e, quem realmente deseja dominar um idioma precisa colocar a cara a tapa. Mas, existe uma forma correta de estudar um idioma? O que fazer para fixá-lo na cabeça e não esquecer mais? Hoje, trouxemos cinco dicas dadas por poliglotas conhecidos no mundo dos negócios, que vão ajudá-lo em sua jornada de estudos. Vale lembrar que, além das dicas citados abaixo, hoje é possível aprender idiomas sem precisar sair de casa, através das aulas de inglês via Skype, oferecidas por plataformas online como a Preply, com preços atraentes e total disponibilidade.

1. A língua precisa fazer parte de sua vida
Um erro cometido por muitos estudantes de idiomas é deixar a língua fora das atividades de seu dia a dia. Você não está aprendendo um novo idioma para saber sobre como é o processo de aprendizagem e, sim, para, de fato, alcançar a fluência. Aprender focando muito na gramática logo de cara é desmotivante e pode se tornar uma obrigação na vida do aluno, atrapalhando no aprendizado. O idioma deve ser aprendido de forma leve e você pode fazer isso trocando o idioma de seus aparelhos, lendo revistas e notícias ou assistindo a filmes com legendas, além de usar as redes sociais na rede.

2. Converse com quem vivencia o idioma
A melhor forma de trazer o idioma para mais perto de você é tentar conversar com quem carrega o idioma consigo o tempo todo. Você pode conseguir isso conversando com nativos que morem perto de sua região – caso não more no exterior – ou entrando em contato com aqueles que já são fluentes ou, pelo menos, estão mais avançados no idioma. Você também pode chamar pessoas que já dominam a língua para um passeio e só se comunicar na língua. Isso também ajuda quem sabe mais a manter a prática!

3. Procure por semelhanças
Seja qual for a cultura ou o idioma, existem sempre determinadas semelhanças entre as línguas, principalmente se são de origem latina. Você já se perguntou, por exemplo, o que o inglês e o espanhol – as línguas mais globalizadas do mundo – tem em comum ou se eles, de fato, tem algo em comum? Se achou que não tinham nada, errou. Essas duas línguas tem muita coisa em comum, já que muito do inglês deriva do francês e do latim.

textbooks

4. Brinque de imitar!
Uma ótima forma de melhorar não só a gramática, mas principalmente a pronúncia ao imitar os nativos. Se você gosta de um ator ou de um apresentador de programa, por exemplo, tente imitá-lo falando inglês. Você pode escolher seu personagem favorito e ficar brincando de imitar sua entonação, repetindo as mesmas frases. Com o tempo, você se familiariza com os sons, o que ajuda a melhorar a qualidade de sua pronúncia.

5. Ajude quem sabe menos
Por último, temos o ato altruísta – e estratégico – de ensinar. Sentir-se seguro num idioma ajuda a fixar melhor o conteúdo e, quando você repassa o conhecimento para quem sabe menos, acaba ganhando essa autoconfiança. Você pode ajudar aqueles seus amigos de classe que não entenderam tal matéria ou ensinar o idioma para quem tem interesse em aprender um idioma, mas não tem condições de bancar todos os custos.

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Wilson ADM

Publicitário e especialista em Marketing, fundador e diretor da revista digital “Sociedade Pública”. Acredito no ser humano e num futuro onde a comunicação verdadeira e clara é uma ferramenta de integração e de entendimento franco e pacífico entre as pessoas. Esse futuro pra mim é agora.

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter