O que é o Sexting?

O novo paradigma para vivenciar a sexualidade

Postado dia 05/01/2016 às 00:00 por Priscila Andrade

sexting

Sexting é a exposição e divulgação de conteúdos eróticos por meio de smartphones, celulares e tablets. A palavra Sexting origina-se das palavras inglesas Sex (Sexo) e Texting (mensagens de textos), ou seja, sexo por meio de mídias eletrônicas.

Utilizando principalmente smartphones e tablets, o conteúdo erótico é divulgado por meio de fotos e vídeos, em uma nova configuração para se vivenciar a sexualidade.  Devido ao advento da tecnologia no qual ficou mais acessível utilizar essas ferramentas a divulgação desses conteúdos se dá de uma forma prática e rápida, com apenas um click é possível enviar uma imagem para alguém. Já existem aplicativos onde o intuito é a divulgação de imagens e vídeos de uma maneira breve, pois só duram alguns segundos sendo apagado logo em seguida, é o caso do Snapchat, esse aplicativo se tornou popular por compartilhar conteúdos mais íntimos de forma rápida.

Esse tipo de exposição embora seja considerado uma prática contemporânea sempre existiu, seja por meio do Voyeurismo (pessoa que sente prazer ao observar atos sexuais ou práticas íntimas de outras pessoas) e Exibicionismo (a excitação provém da exposição, do exibir o corpo, ou parte dele para outro)  que são considerados fetiches antigos.  O que difere de práticas atuais é a facilidade de mostrar e enviar conteúdos que antigamente eram mais difíceis.

O que se deve ter em mente é que cada um pode vivenciar a sua sexualidade de todas as formas possíveis, seja em um quarto a dois, seja por meio de fotos enviadas para outras pessoas, pois a sexualidade é muito ampla, não cabendo muitas vezes em conceitos e teorias que a definam, pois cada um pode praticá-la de várias maneiras.

É claro que esse tipo de prática contêm perigos, primeiramente devemos compreender que corremos o risco desse conteúdo ser divulgado por pessoas de má índole ou por hackers que possam acessar celulares e computadores, e também o que é divulgado na internet nunca se perde, sempre fica armazenado em algum lugar da rede, ou seja, temos que ter consciência da ameaça que estamos expostos. Devemos enviar para pessoas que são confiáveis e em aplicativos também confiáveis e saber que esse tipo de prática deve haver o consentimento de ambas as partes e que a partir do momento que essa publicação, exposição não seja permitida pela pessoa isso se torna um crime.

É uma prática também muito utilizada por adolescentes, então pais e educadores devem estar atentos e sempre conversando com seus filhos sobre os perigos da exposição por esse tipo de atividade, devido à exploração sexual infantil que é o meio utilizado por alguns pedófilos para praticarem esses atos.

Para finalizar, entende-se que o Sexting utilizado de forma coerente e consciente pode ser uma maneira nova de experimentar a sexualidade.

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Priscila Andrade

Professora e Educadora Sexual. Pedagoga e Mestre em Educação Sexual,

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter