Mudança de padrões comportamentais – a conclusão

Amigos leitores, hoje apresento a terceira e última parte de nossa reflexão sobre mudança de padrões comportamentais:

Postado dia 22/12/2015 às 00:00 por Carlos Schmidt

balanced-life (1)

Se você se olha no espelho e se acha gordo, velho, feio e outras coisinhas mais peça perdão ao seu corpo por esses conceitos, pois é um critério que você passou a acreditar e ele é uma manifestação de você. Se olhe com amor! Ele é a manifestação do conjunto da obra que você construiu durante a sua existência. Mas diga a ele que você agora já começa a ser uma nova pessoa que trabalha por ele e ele agora trabalha por você.

É preciso que você estabeleça uma relação de confiança com o seu corpo, a partir daí ele acompanhará seus desejos e, fazendo isso, começará a manifestar a perfeição. Lembre-se que tudo que não é uma benção é uma maldição!

Estimule-o, ame-o, diga-lhe do que precisa manifestar e seja um grande parceiro. Toque as áreas de dor, toque com carinho, com amor, projetando a cura e a perfeição dissolvendo tudo o que está cristalizado ali em função de comportamentos anteriores. Mais uma vez peça perdão mesmo que você ainda não compreenda o que gerou aquilo, lembre-se que você pode e deve entrar na frequência mental e emocional que vai realizar a mudança.

Você sabia que o seu corpo possui uma inteligência e uma memória que tem gravada toda a sua história pessoal? Ele sabe o que é bom e o que não é bom para ele, pois desde a sua gestação seu corpo passou por inúmeras experiências e pode lhe dar muitas respostas. Basta perguntar a ele, porque ele está sempre nos dizendo as coisas, é só começar a perceber isso.

Lembra quando você subia nas árvores, nadava como um peixe, rolava na grama e depois parou com tudo?  Agora morre de medo de fazer essas e outras coisas porque acredita que vai se estropiar todo. É claro que você pode estar fora de forma, não pratica mais nada, mas se abandonasse essas crenças limitadoras e deixasse seu corpo manifestar essas memórias de maneira natural iria se surpreender com os resultados. Só não espere bater seus próprios recordes na primeira vez, ok?

Comece pelos alimentos. Quando for comer algo sente calmamente e pergunte se vai ser bom para você, se é disso que você precisa naquele momento. Você receberá a resposta, seja como uma intuição, como um reflexo, um sentimento, de alguma maneira você saberá. Utilize esse mecanismo para todas as coisas que você for fazer, quiser saber ou até mesmo para responder se determinado pensamento ou emoção foram positivos ou não para seu corpo (e para você, é claro!).

A prática leva à perfeição! Quanto mais você praticar maior será a comunicação que terá com o seu corpo ou, melhor dizendo, com todos os seus corpos, lembra?

À medida que for se acostumando com esse canal de comunicação poderá cada vez mais obter a otimização da sua qualidade de vida, se conhecer melhor, elaborar e construir a sua realidade, incrementar sua capacidade de ser mais bem sucedido nas situações da vida e retomar uma capacidade verdadeira de promover o auto equilíbrio.

Tome como meta: Nunca procure o negativo, mas o que há de positivo em tudo e em todas as situações! Visualize como você quer enxergar e veja este processo em ação!

Em todos os anos como Terapeuta Holístico e “observador da vida” tive inúmeras oportunidades de presenciar verdadeiras revoluções na saúde e na vida de pessoas que, por simples opção ou necessidade, mudaram seus padrões comportamentais.

É possível que esta leitura crie algumas dúvidas, que ela force a quebrar velhos paradigmas e esse é também um objetivo do texto, mas raciocine comigo:

Imagine uma pessoa que passa anos achando ser feia, que toda vez à frente do espelho se chamou de gorda, que ao primeiro fio de cabelo branco já decreta que está velha, que se diz cansada pra vida, que desde pequena afirma ”isso eu não consigo, disso eu não dou conta”, que se coloca como derrotada ao primeiro desafio… E ela consegue fazer com que tudo isso se torne realidade! Consciente ou inconscientemente!

– Quanta programação negativa, quanta energia desperdiçada! E que realizações, hem?

Agora imagine uma pessoa utilizando-se de toda essa energia de maneira consciente para a saúde, para a juventude e a vitalidade, para os negócios, para a prosperidade, para o sucesso em todas as áreas da vida!

– Alguém ainda duvida?

Comece hoje mesmo e delicie-se com essa experiência transformadora.

Até o nosso próximo encontro, muita saúde e bem-estar!

Sempre toda a Paz!

Schmidt Filho

Terapeuta Holístico – CRT 23262

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Carlos Schmidt

Iniciou suas atividades na área Holística no ano de 1993. Experiência como argiloterapia, shiatsuterapêuta e acupunturista.

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter