Lula prestou depoimento para a Operação Lava Jato

Muita confusão e ânimos exaltados pelos militantes do PT durante o período em que o ex-presidente prestava depoimento

Postado dia 04/03/2016 às 13:40 por Wilson ADM

Lula

Foto: DIvulgação/Internet

A Polícia Federal está realizando sexta-feira a 24ª fase da Operação Lava Jato. Essa fase da operação é batizada de Aletheia, que em grego que dizer Verdade.

Na manhã de hoje, o ex-presidente Lula foi levado até o aeroporto de Congonhas para prestar depoimento sobre diversos benefícios adquiridos vindo de grandes empreiteiras, esses benefícios eram supostamente direcionados para Instituto Lula e para sua empresa de palestras. O filho de Lula, Fabio Luís, o Lulinha, também prestou depoimento. As informações são de que ele se prontificou a falar de livre e espontânea vontade.

O Aeroporto de Congonhas foi escolhido para a maior segurança durante o interrogatório, isso também se deu pelo vazamento de informações que ocorreram durante a 24ª fase da Lava Jato, esse vazamento de informações será investigado e os responsáveis serão punidos conforme disse a procuradoria do MPF.

Hoje iniciou um esquema grande de busca e apreensão em mais de 30 locais, além das residências de Lula e seus familiares, incluindo também as suas empresas como a de seus familiares, e também as empresas envolvidas na investigação da Lava Jato.

Nesse momento a crise brasileira que é política e econômica, aproxima cada vez mais a atual presidente de sofrer um Impeachment, embora não seja investigada diretamente pela Lava Jato, a presidente Dilma Roussef está diretamente ligada com a compra de apoio político elaborada durante os esquemas de corrupção da Petrobrás. A popularidade de Dilma hoje é menor do que foi a do ex-presidente Fernando Collor no início dos anos 90, quando foi deposto. A popularidade de Lula também despencou.

Após a coletiva de imprensa em Curitiba, o Procurador do MPF Carlos Fernando dos Santos Lima, disse que hoje foi enfatizado o “caráter republicano” do Brasil, e que é um dia importante para a nação, pois não há ninguém atualmente que possa ser impune às investigações. Disse também que o governo do PT foi um dos mais favorecidos pela compra de apoio partidário. O procurador também alegou que o Instituto Lula grandes doações das cinco maiores empreiteiras formadas pelo cartel da Petrobras que são investigadas pela Lava Jato.

Ainda sobre o Instituto Lula, o montante de dinheiro recebido em doações é de aproximadamente 20 milhões de reais, e sua empresa de palestras recebeu aproximadamente 10 milhões de reais. Falta agora investigar se a empresa de palestras realmente prestou serviços que justifiquem essa grande soma em dinheiro, onde o valor de 1 milhão de reais foi direcionado para a empresa de Lulinha, a G4.

Outros benefícios além dos valores em dinheiro cedidos para as empresas de Lula pelas grandes empreiteiras investigadas, são dois imóveis de luxo que supostamente estão vinculados ao ex-presidente. Um dos imóveis que tem um grande peso na investigação é um tríplex no Guarujá, cedido pela empresa OAS, empreiteira responsável por ter feito uma reforma no apartamento com um valor de 700 mil reais, nessa investigação é citado o nome da esposa de Lula, Marisa Letícia, que teria adquirido o tríplex antes da OAS tomar conta da propriedade, quando a empreiteira responsável pelas obras e vendas dos apartamentos era a Bancoop. Há também um sítio em Atibaia que o ex-presidente é tido como suposto proprietário e costuma usufruir do local frequentemente, esse sitio foi reformado e quem realizou as reformas caríssimas foi a construtora Odebrecht.

A militância petista tenta politizar as investigações da Lava Jato criando um cenário que transforme o que foi um dos maiores crimes contra a nação, envolvendo lavagem de dinheiro, corrupção ativa e formação de quadrilha, em uma banal perseguição política, querem convencer a nação de que o ex-presidente é um herói popular vítima da oposição como um perseguido político. Os militantes usam inclusive de violência contra opositores do PT e jornalistas presentes nos locais de confusão, para ostentarem a inocência de Lula. A situação é que além da crise já existente em âmbito econômico e político, possa haver a extensão para uma crise social devido o comportamento explosivo da militância petista. Esses grupos de protesto em apoio ao PT já são formados e organizados com planejamento, e ficam prontos para entrarem em ação quando ocorrem situações que colocam em risco a vitalidade do partido ou a permanência do PT no poder.

Não há nenhum mandato de prisão para Lula, apenas estão sendo feitas as investigações para que seja apurado se houve ou não participação direta de ex-presidente em recebimento de dinheiro vindo de corrupção, mas vale a pena lembrar que quando ocorreu a prisão de José Dirceu, Lula era apontado como o mandante da operação.

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Wilson ADM

Publicitário e especialista em Marketing, fundador e diretor da revista digital “Sociedade Pública”. Acredito no ser humano e num futuro onde a comunicação verdadeira e clara é uma ferramenta de integração e de entendimento franco e pacífico entre as pessoas. Esse futuro pra mim é agora.

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter