Juliano pede projeto-piloto de RG digital em Mogi

Em reunião com Grupo Valid, prefeito em exercício expõe necessidades para melhorar emissão de carteiras de identidade no Bairro Feliz.

Postado dia 21/08/2017 às 09:00 por Juliano Abe

Foto: Divulgação

O prefeito em exercício Juliano Abe (PSD) reuniu-se com representantes do Grupo Valid, empresa com atuação internacional em tecnologia de informação e certificação digital. Durante o encontro, foram discutidas melhorias para o serviço de emissão de carteiras de identidade, que é realizado no programa Bairro Feliz, inclusive com a possibilidade de introdução de um sistema que não dependa de internet para ser operacionalizado.

A empresa atua junto à Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo na operação do Sistema de Identificação Automatizada de Impressões Digitais. A sugestão apresentada durante a reunião, no final desta semana (17/08/2017), é para que seja desenvolvido um sistema off-line para emissão das carteiras de identidade, que permitiria a captura digital de informações para elaboração do documento e a posterior alimentação do banco de dados da Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp).

“Temos um projeto de 14 anos, que veio se desenvolvendo, agregando benefícios à população e se tornando um grande espaço para a prestação de serviços aos moradores, nos bairros de Mogi das Cruzes. A emissão da primeira via da carteira de identidade é um serviço que incorporado neste ano e que tem uma aceitação muito positiva, com número significativo de beneficiados. Estamos propondo o desenvolvimento de um projeto-piloto, que traria mais benefícios aos mogianos”, explicou Juliano Abe.

O gerente de operações da Valid, Alcides Cardoso dos Santos Neto, viu com bons olhos a ideia de Juliano. “Não enxergo empecilho para o desenvolvimento de um sistema eletrônico capaz de atender às necessidades colocadas. Só precisamos obter o aval dos órgãos do governo”, antecipou. Da parte do Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt (IIRGD), a ideia também parece factível. “Teríamos de ajustar apenas as etapas do processo relativas ao trabalho da Prodesp”, comentou Amábile de Castro Pauletto, representante do órgão da Polícia Civil responsável pelo trabalho de identificação pessoal.

Em dez edições do projeto Bairro Feliz neste ano, foram emitidas 454 carteiras de identidade, dentro de uma parceria entre a Prefeitura e a Polícia Civil de Mogi das Cruzes. A emissão é da primeira via do documento, para menores de 18 anos.

“Com esse novo sistema, além de evitar problemas causados, por exemplo, por oscilação do sistema de internet, é possível planejar uma ampliação na abrangência do serviço, atendendo mais pessoas”, disse o prefeito em exercício que iniciou, enquanto vereador, as ações para viabilizar a oferta dos serviços nas edições da então Rua Feliz, transformada em Bairro Feliz na atual gestão.

A expectativa de Juliano é que o cogitado projeto-piloto a ser desenvolvido pela Valid em Mogi possibilite, numa segunda etapa, não apenas a emissão do primeiro RG, mas também a atualização de carteiras de identidade pelo Afis (Automated Fingerprint Identification System), o Sistema de Identificação Automatizada de Impressões Digitais. Isso tudo, de modo off-line, com coleta digital de dados para sequencial validação.

Dessa forma, explicou o prefeito, as impressões digitais coletadas seriam automaticamente inseridas no banco de dados do governo paulista, o que representa agilidade e eficiência nas diligências futuras, bem como economicidade, haja vista dispensar nova emissão para substituir o documento atual.

Polo Digital

O prefeito em exercício também discutiu com os representantes da Valid uma participação da empresa no projeto Polo Digital, desenvolvido pela Prefeitura de Mogi das Cruzes e que busca desenvolver na cidade a inovação, com a criação de startups e desenvolvimento de novas tecnologias.

“Esta é uma política de Estado dentro da Prefeitura de Mogi das Cruzes. Com o Polo Digital, a ideia, dentro deste momento que o País vive, é usar a criatividade para criar novas oportunidades, melhorar a qualidade dos serviços e inserir a Cidade neste mercado de tecnologia”, disse Juliano Abe, lembrando que a Cidade vem empreendendo, desde a virada do século, uma série de ações para o desenvolvimento econômico.

O coordenador do Polo Digital de Mogi das Cruzes, Rodrigo Garzi, apresentou aos representantes da empresa um detalhamento do trabalho que vem sendo realizado pela Prefeitura e as possibilidades do setor na cidade.

Também participaram da reunião o gerente comercial da Valid, Carlos Eiji Okada; o executivo de contas, Cedric Monroe Pereira; e o supervisor de operações, Domingos Sávio da Silva.

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Juliano Abe

Juliano Abe, vice-prefeito de Mogi das Cruzes, é advogado pós-graduado em Direito Ambiental pela USP e consultor em meio ambiente

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter