Código Único de Governança Corporativa

Discussão de Governança se amplia e companhias terão um código único

Postado dia 30/11/2015 às 00:00 por Maiara Madureira

bovespa2

Não é novidade que governança está em pauta – já falamos sobre isso em um post anterior, quando tratamos do Programa Destaque em Governança de Estatais da BM&FBOVESPA.

A discussão agora se amplia para as outras companhias.

Com a edição do Código de Melhores Práticas de Governança Corporativa do IBGC, reconhecido por ser o principal balizador das discussões sobre governança no Brasil, toma força o projeto de Código Único de Governança Corporativa, defendido pela CVM.

Segundo a CVM, a elaboração de um código único, que seria seguido por todas as companhias, traria uma certa unidade e funcionaria como um norte para os investidores.

Espera-se que o Código seja lançado no final do mês de março. Até lá, o Grupo de Trabalho Interagentes, coordenado pelo IBGC e  criado em razão da necessidade de uma agenda positiva de governança corporativa, terá muito trabalho.

É hora de torcer e esperar que o IBGC e as onze das mais importantes entidades relacionadas ao mercado de capitais que participam desse grupo – ANBIMA, ABRAPP, ABRASCA, ABVCAP, AMEC, APIMEC, BM&FBOVESPA, BRAiN, IBGC, INSTITUTO IBMEC e IBRI – façam um bom trabalho.

“Observação: o conteúdo dos artigos da autora são de sua exclusiva responsabilidade. As opiniões expressadas não refletem as opiniões da BM&FBOVESPA”.

 

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Maiara Madureira

Formada no Largo São Francisco, mestre em Direito Comercial pela USP, fã incondicional de decoração e de bons livros

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter