A falácia da força no império da vontade

Pense na expressão “força de vontade”. Qual a primeira palavra que se ressalta e faz presente?

Postado dia 06/06/2016 às 08:30 por Tania Zaccharias

vontade

Foto: Reprodução/Internet

Tema comum da auto-ajuda: a importância da força de vontade. Muito se fala sobre o assunto, muito se lê, muito se dialoga. Justo! Justíssimo! Afinal, eita coisinha importante para seguirmos na jornada dessa vida cheia de mistérios…

Contudo, o que que quase ninguém fala – ou questiona – é sobre da inversão do aspecto da força dentro desse pequeno grande conceito da psique humana.

Pense na expressão “força de vontade”. Qual a primeira palavra que se ressalta e faz presente? A força, claro! Sempre (ou quase sempre) que pensamos em ter força de vontade, vem junto um sentimento de força e esforço que para muitos já dá preguiça antes mesmo de começar…

Tudo bem… faz parte da palavra “força” ter força. E talvez por isso – e por sermos altamente apegados ao conceito de que só se consegue as coisas com dificuldade é que nos deixamos levar pela força de sua presença.

Maaaas…. É aí que mora a falácia da força! Pois o verdadeiro império, neste caso, é o da vontade!

Nas entrelinhas da expressão, para o observador mais atento, se elucida a verdade sutil presente nessa dupla. A verdadeira força, da força de vontade, não é a força, mas a VONTADE. A força é dela! Vem dela, pertence a ela, flui dela – é ela!

É uma força sutil, sem esforço ou exaustão. E dotada de um grande poder: a firmeza da intenção. A vontade é plena desse aspecto. É por ela sustentada – e é dela que brota tudo aquilo que desejamos com a veemência de nosso coração. Quando se tem vontade, vontade verdadeira, tanta vontade que até transborda de dentro e não se pode conter, então há ali a maior força do universo. E mesmo com tanta força, ela é sutil, pacífica, inerte feminina.

Ela não cansa, não cobra, não exige. Ela simplesmente existe e É.

Quem tenhamos força, muita força; mas de vontade!

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Tania Zaccharias

Ex-menina, atual mulher "porque". Entusiasta da poesia da vida real, curiosa por tudo e sempre questionadora.

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter