Exercícios com as redes sociais

Vamos juntos ao encontro da saúde, da liberdade e vida

Postado dia 01/07/2016 às 08:30 por Edson Timóteo

 

exercícios

Foto: Reprodução/INternet

Queridos muito prazer mais uma vez!

Você já fez algum exercício que viu no Facebook que ao final mostrava um antes e depois, e este exercício era miraculoso e seu grau de dificuldade mostrava claramente os resultados que teria se o conseguisse fazer?

É disso que vamos tratar desta vez!

A cada dia cresce o desejo e a luta por um corpo sarado, por resultados rápidos e em pouco tempo. Na mesma intensidade, a cada dia aparece uma onda muito grande de fórmulas e exercícios milagrosos, que prometem um corpo saradíssimo com apenas um exercício ou um alimento especifico.

As redes sociais potencializam a disponibilidade de informações com esta característica. Todos nós temos amigos que postam fotos da hora da malhação e da refeição. E ainda encontramos algumas criações que, ao invés de benefícios, podem trazer lesões que prejudicaram mais do que apenas uma temporada de verão.

Uma dica muito importante é verificar o autor do exercício ou programa, se é um profissional, que estudou os estímulos e efeitos do que está indicando. Por exemplo: vemos algumas dicas nas redes, com saltos de alta intensidade. Os exercícios de impacto, sem dúvida, devem ter uma longa preparação de fortalecimento articular para serem feitos, um despreparo pode gerar lesões nos joelhos, tornozelos e até coluna lombar, rompimento de tendões, tendinites e lombalgias.

A intensidade deve ser respeitada. Cada pessoa tem o seu nível de condicionamento, então sempre desconfie daquelas dicas de “faça assim nesta velocidade”. O nível de condicionamento se desenvolve através de estímulos consecutivos e não em um só post. Elevar a frequência cardíaca de forma intensa, sem preparo, submete o sistema cardiorrespiratório a um risco desnecessário.

A criação de exercícios localizados também fazem muito sucesso. Temos que levar em conta a postura de execução, a carga e a flexibilidade do movimento, pois estas variáveis demonstram que os exercícios têm que ser adaptados para cada pessoa. Realizados de forma incorreta podem ser prejudiciais.

Bom, vamos pensar então em algo que possamos fazer em casa, que dê resultado e não apresente riscos!

Pesando os imensos benefícios que a atividade aeróbica pode trazer, tais como:

  • Fortalecimento do sistema cardíaco
  • Fortalecimento do sistema respiratório
  • Melhora do sono
  • Melhoro do desempenho sexual
  • Emagrece

Temos a caminhada/corrida

Como fazer e iniciar:

Trinta minutos a princípio é um ótimo estímulo. Inicie caminhando em ritmo de quem está atrasado para chegar a um lugar. Intercale momentos mais agudos e mais lentos dentro de suas condições, verifique a distância alcançada e, com o passar dos treinos, tente aumentar esta distância ou diminuir o tempo para alcançá-la. Passe de caminhada com ritmo forte para alguns minutos de trotes, vá aumentando o período de trote e diminuindo os de caminhada. Indicado para homens e mulheres.

Exercícios localizados são um complemento super importante, com diversos benefícios:

  • Aumento e melhora do tônus muscular
  • Melhora da flacidez
  • + Força
  • Melhora da postura e outros
  • Proteção articular

Homens: Flexão de braços: faça a primeira série até incomodar a região peitoral, conte o número alcançado e o repita três vezes. Este exercício contempla os músculos do peito, costa, bíceps e tríceps.

Mulheres: Agachamento/Sentar e levantar: Agache ao ângulo de 90 graus; a utilização de uma cadeira ajuda. Faça a primeira série até incomodar a região anterior da coxa, conte o número alcançado e o repita três vezes. Este exercício contempla os músculos anteriores e posteriores de coxa, glúteo e coluna lombar.

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Edson Timóteo

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Camilo Castelo Branco (2007). Pós graduado em Fisiologia do Exercício

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter