Envelhecer!

Queridos! Juntos mais uma vez, para compartilharmos da vida, da saúde e dos caminhos para alcança-la

Postado dia 12/05/2016 às 07:30 por Edson Timóteo

 

saúde

Foto: Reprodução/Internet

Hoje corremos em todos os sentidos, mas claramente com um alvo: ser feliz. Em diversas áreas da vida, como estudo, trabalho, casa, família e amigos, em todo tempo buscamos claramente a conquista do reconhecimento. Ser reconhecido no que faz, nos locais em que desprendemos nosso esforço, é sem dúvida a melhor recompensa que uma pessoa pode ter. No trabalho, a promoção ou até mesmo um pequeno aumento do salário. Na família, como é gostoso ser recebido, aceito e protegido por aqueles ao qual enxergamos como parte de nós, entre amigos, que sensação maravilhosa ser lembrado em uma festa, comemorações e tristezas, que delícia receber uma ligação inesperada com a finalidade de somente dar uma alô, falar oi estou aqui, maravilha! Este é o reconhecimento da vida, todos nós buscamos, esperamos e lutamos e mesmo os que dizem não no seu inconsciente esperam por este doce retorno.

E se pensarmos então na fase “final”, ou no decorrer deste declínio, qual deles é o declínio biológico, o natural, normal e esperado, mas muitas vezes mal planejado e evitado, como se fosse possível. As brigas são intensas porém inevitáveis.

Falo dele, o envelhecimento, processo natural do homem. Os estudos mais recentes demostram que temos indícios desse declínio ou envelhecimento já com 27 anos de idade, quando a composição corporal sofre alterações com tendência à flacidez muscular e maior acúmulo de gordura, principalmente no abdômen do homem e nas mulheres no quadril e também abdômen. O metabolismo tende a ficar mais lento e a água dentro das células diminuem.

Tudo isso colabora para o mau funcionamento da máquina humana do organismo, mas temos um incrível fator a nosso favor, esta máquina é a mais sensacional e deslumbrante máquina que já possa ter sido inventada. Enquanto as máquinas convencionais tendem a acelerar o desgaste com o uso, o corpo pega carona na contramão e responde com aumento de suas capacidades, melhora a manutenção de seu funcionamento. Por exemplo, a nossa capacidade cardiovascular máxima diminui com o passar dos anos, espera-se uma capacidade máxima de 200 batimentos por minutos para um jovem de 20 anos, enquanto um homem de 40 anos apresenta uma expectativa de 180 batimentos por minutos. Quando o coração ativo é exposto a frequências moduladas, exigindo de sua força e flexibilidade essa expectativa é superada e este homem de 40 anos pode apresentar resultados e aptidão cardíaca abaixo de sua idade biológica (fonte da juventude).

É incrível como fomos feitos para estar em movimento, nosso corpo foi projetado para esta finalidade, a sobrevivência. Correr, caçar, fugir, subir e viver, esta é função natural, biológica e que está descrita no manual de venda!

Outro exemplo que nos deslumbra está nas articulações, sua lubrificação, isso mesmo lubrificação, óleo que diminui o atrito, óleo chamado de líquido sinovial, tem a sua produção ligada ao movimento, quanto mais movimento mais lubrificação, quanto menos movimento menor será a lubrificação e maior o atrito. Wow! Como é inteligente este sistema, nos conduzindo a sair do sofá e nos movimentar.

Os estudos e pesquisas comprovam que todas as funções e órgãos tendem a melhorar com a atividade física, tudo desde de sono, digestão ou até mesmo capacidade sexual, magnífico.

Através da minha linda e querida profissão tenho a oportunidade de presenciar efeitos desta vida ativa nesta fase mais delicada a velhice, período onde não se pensa em ser reconhecido pela utilidade aos seus próximos e sim pelo reconhecimento de toda uma vida de dedicação. Tenho o presente de estar todas as semanas com eles, que tem na pele enrugada e nos cabelos brancos a evidência de uma jornada  de diversos desafios e muitas, mas muitas vitórias no cartel da vida. Juju, é assim que gosta de ser chamada, 90 anos de simpatia e doçura. Nossas aulas são regadas a muita conversa e gargalhadas, sem esquecer da pausa para o café e bolo, os exercícios são ao máximo funcionais, ou seja com uma proposta de serem próximos de suas necessidades diárias, sentar levantar e esticar, uma verdadeira maratona, treinamento que equivale ao de atleta dentro de suas condições, e essa sensação é a melhor, a de se sentir envolvida, empenhada no resultado do seu bem estar, sem pressa pois não iremos competir na próxima olimpíada, até mesmo porque nossa competição e vitória é diária, nossa medalhas e troféus são entregues a cada segundo a cada minuto e hora de qualidade de vida. Firme e forte no propósito de viver a vida da melhor forma.

Quero deixar uma pequena reflexão; iremos todos envelhecer, iremos todos um dia colher de alguma maneira as sementes que deixamos por todo caminho percorrido. Então que seja feito da melhor, com amor dedicação e empenho, porque aí sim independente de qual seja o fruto a colheita terá valido a pena!

#:
Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Edson Timóteo

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Camilo Castelo Branco (2007). Pós graduado em Fisiologia do Exercício

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter