Ecologia x Ambientalismo

Precisamos saber as diferenças entre ecologia e ambientalismo para se chegar a um ponto em comum em relação as suas essências

Postado dia 06/11/2015 às 11:21 por Claudio Antonio

conceito-ecologia

A ecologia na verdade é a ciência que estuda as interações entre todos os organismos e seu ambiente respectivo, é o estudo científico da distribuição e abundância dos seres vivos, e das suas interações que determinam a sua distribuição; estas  interações podem ser entre seres vivos e ou com o meio ambiente.

A palavra tem origem no grego “oikos“, que significa casa, e “logos“, estudo assim sendo , por extensão seria o estudo da casa, ou, de forma mais genérica, do lugar onde se vive. O cientista alemão Ernest Haeckel em 1869  usou pela primeira vez esta terminologia para designar o estudo das relações entre os seres vivos e o ambiente em que vivem. O meio ambiente  afeta os seres vivos não só pelo espaço necessário à sua sobrevivência, na sua reprodução, mas também às suas funções vitais, incluindo aspectos comportamentais através do respectivo metabolismo.

Por essa razão, o meio ambiente e a sua qualidade determinam o número de indivíduos e de espécies que podem viver no mesmo espaço e ou habitat. A maior compreensão dos conceitos ecológicos e da verificação das alterações de vários ecossistemas pelo homem levou ao conceito da Ecologia Humana que estuda as relações entre o homem e a biosfera, principalmente do ponto de vista da manutenção da sua saúde, não só física, mas também social.

O ambientalismo é um  movimento ecológico ou movimento verde tem a sua consistência no  heterogêneo feixe de correntes de pensamento e movimentos sociais que têm na defesa do meio ambiente sua principal preocupação, reivindicando medidas de proteção ambiental e sobretudo uma ampla mudança nos hábitos e valores da sociedade de modo a estabelecer um paradigma de vida sustentável. Embora na antiguidade ocidental fossem registradas algumas preocupações no sentido de proteger a natureza, e algumas antigas tradições aborígenes (Oceania) e religiosas de outras partes do mundo (Astecas e Mayas) também dessem atenção a ela e mesmo a entendessem como sagrada, pouco valeram para que se desenvolvesse uma consciência ecológica em larga escala, capaz de impedir a destruição dos recursos naturais, da vida selvagem e dos seus habitats.

Nos séculos seguintes, em vários momentos e lugares em todos os continentes , surgiram defensores do meio ambiente, mas somente a partir de meados do século XVIII o ambientalismo evoluiu com maior consistência, quando os cientistas e pensadores passaram a observar e a analisar criteriosamente os efeitos devastadores  da ação humana sobre a natureza e os efeitos dessa ação sobre o próprio homem que a causou.

Tanto Ecologia como Ambientalismo possuem caminhos paralelos e similares pois, ambas tratam da identificação dos problemas e de possíveis soluções relacionadas ao ser humanos, e outros seres e seus ambientes de convivência.

Temos muito o que comentar, existem vários aspectos que nortearão vários outros artigos  visando agregar informações e conhecimentos as pessoas que estão tomando ciência destes fatos e situações nos dias de hoje.

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Claudio Antonio

Possui graduação em Tecnologia Processos de Produção Industrial pela Faculdade de Tecnologia Senador Flaquer (1982).

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter