É a hora da retaliação dos corruptos

Não basta somente votar em Partido Político diferente, é preciso retirar as raposas velhas das proximidades do galinheiro.

Postado dia 19/01/2016 às 00:00 por Vitor Pedroso

20150321-dinheirama-crise-politica-960x620

Uma gama impressionante de políticos brasileiros não se importa em quebrar suas promessas junto aos eleitores, pois, a política lhes proporciona um nível de riqueza muito satisfatório. Todavia, essa mesma gente depois de mudar radicalmente de posição social, ‘inocentemente’ vem esnobar a sociedade com os frutos de seu ‘mister’, convivendo com as vítimas na maior cara de pau.

Uma arma muito forte que todo cidadão possui vem a ser rechaçar meliantes de seu convívio, na exata linha que alguns brasileiros de estirpe vem demonstrando, a despeito da saia justa de lulinha em Angra dos Reis.

Acho muito difícil presenciar a alegria dos parentes de corruptos regozijando-se com dinheiro público desviado em detrimento a doentes amontoados nos corredores de hospitais, chegando ao cúmulo de se agredirem fisicamente (ainda enfermos) para garantir sua vaga numa maca prostrada em corredores fétidos e imundos.

Tenho plena convicção que a sociedade tem necessidade em retaliar essa gente (dentro da lei), começando por seus parentes. Observem que para serem eleitos necessitam ter residência em município brasileiro. Aí está o ponto fraco! Caminhamos para o confronto direto com os parentes dessa gente que nos rouba, inibindo assim sua aparição pública e reeleição.

Vou insistir na ideia em retratarmos esse momento de doença política momentânea passando a escrever nomes como lula, zés dirceu/genoino, dilma, renan calheiros e vai afora, em letra minúscula, permitindo assim que os livros de história do Brasil venham explicar o motivo de tal medida, denegrindo a prole de quem matou tanta gente com os desvios de dinheiro público para estrangeiros do Foro de São Paulo.

A população já não vem suportando dividir espaços de restaurantes, teatros, praias etc com as famílias lula/dilma e demais  famigerados políticos envolvidos em escândalos de corrupção. Os confrontos vem se multiplicando vertiginosamente.

É preciso saber que, mesmo uma criança bonitinha e perfumada, tem como fonte de renda o DNA criminoso dos pais, daí estar recebendo dádivas surrupiadas do povo brasileiro, logo, é perfeitamente justificável que os pais de família honradas da mesma escola/academia/teatro etc, não permitam o convívio com o provável sucessor do ladrão inveterado que estará sendo julgado durante décadas por um Supremo Tribunal Federal extremamente vulnerável e tendencioso.

Observe que são condutas muito simples a serem adotadas:

1) – A primeira delas é retratar em seus textos o nome dessa gente (principalmente petistas ‘famosos’) em letras minúscula.

2) – Passar a evitar (e proibir) o convívio de seus filhos  com os parentes desses cidadãos famosos, a despeito do sobrenome  lula e tantos outros.

3) – Boicotar produtos de empresas que tem em seu quadro societário políticos carimbados condenados e seus parentes.

Com certeza, qualquer diminuição nas vendas trará diminuição no lucro líquido de suas empresa, logo, retira fôlego de gente que não presta para gerenciar sequer uma lojinha de R$ 1,99, que dirá, a massa brasileira.

Nada adianta ler tantos textos revoltantes e não agir. Essas meras propostas que ousei assinalar, se aplicadas, certamente virão fazer a diferença para retirarmos da gestão da Coisa Pública pessoas que necessitam de alto prestígio para poder galgar cargo público,

Não basta somente votar em Partido Político diferente, é preciso retirar as raposas velhas das proximidades do galinheiro. Portanto, aja e tome providências vindo informar-se sob quais empresas financiam o crime organizado boicotando-as, bem como, passem a escrever nomes carimbados em letra minúscula, evitando energicamente o convívio com gente que rouba o futuro de seus filhos.

Saudações Libertárias.

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Vitor Pedroso

Seguindo ordem de acontecimentos : surfista, atleta de voleibol, agropecuarista, empresário surfwear, caminhoneiro, advogado e espiritualista

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter