A cura pela Astrologia Hebraica

A partir do pôr-do-sol de ontem (05), entramos na Semente do Mês de Tamuz, na Lua Nova de Sartan - que, em hebraico, é o nome do signo de câncer, o caranguejo.

Postado dia 06/07/2016 às 08:30 por Gabriel Grinberg

câncer

Foto: Reprodução/Internet

A Kabbalah (Recebimento da Divina Sabedoria Universal) nos revela que a Astrologia pode ser uma importante ferramenta para se curar de diversas doenças; A Kabbalah nos traz um conjunto de ferramentas para nos auxiliar em um processo preventivo e até curativo de qualquer situação que esteja passando um ser humano durante o seu processo de Tikun, ou correção espiritual.

A Kabbalah ensina que o primeiro passo é assumir que se está doente; só assim é possível começar um processo de autocura. Na realidade, todas as manifestações do mundo físico são reflexo de algo metafísico ou espiritual.

A partir do pôr-do-sol de ontem (05), entramos na Semente do Mês de Tamuz, na Lua Nova de Sartan – que, em hebraico, é o nome do signo de câncer, o caranguejo.

Não é à toa que esse é o animal usado para representar os atributos desse signo.

O canceriano é bem parecido com o caranguejo: é resistente e valente, mas tudo isso está ligado à parte externa, ou seja, ao que a pessoa desse signo quer que acreditemos. Mas, na verdade, por dentro é muito ligado ao emocional. É sensível a decepções ligadas ao relacionamento e a amizades, é duro por fora e mole por dentro. Um verdadeiro caranguejo!

Neste mês, a influência astral é ligada à lua, corpo celeste responsável por conduzir o elemento água, fato que pode ser observado até mesmo nas marés. Como sabemos, toda origem do meio físico provém do meio líquido. Portanto, o mundo físico possui, em sua essência, esse elemento altamente concentrado e condensado. Esse é o ensinamento da Torá, quando as escrituras dizem que da reunião das águas se fez o chão, o leito seco.

Neste mês, temos a oportunidade de realizar um processo preventivo e curativo contra o câncer. Aliás, de acordo com a Kabbalah, o câncer não é uma doença, e sim a cura da doença. Isso mesmo! O câncer é a forma que a natureza criou para expulsar a mágoa fermentada que virou, neste caso, rancor.

A doença é o rancor e não o câncer, que Hashem nos livre.

hebPor isso realizamos neste mês meditação e oração para curar até mesmo mágoas ligadas a outras vidas que ficaram em nosso subconsciente. Para nos auxiliar nesse processo, realizamos a meditação nas letras hebraicas, que são um canal direto com a luz e seu estado original.

A vibração, o formato e o som emitido pelas letras hebraicas nos auxiliam a quebrar as cascas da negatividade que impedem com que a luz chegue até a nosso eu.

Quem quiser participar de uma conexão de cabalat Shabbat signo de câncer, pode entrar em contato. Será gratuito.

Desejo tudo de bom a todos e muitas bênçãos.

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Gabriel Grinberg

Gabriel Grinberg é um renomado Chef de cozinha e também professor de Kabbalah na BMG

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter