A comunicação pós-problema.

Um dos maiores problemas do mundo atualmente é a falta de comunicação causada pela comunicação em excesso

Postado dia 13/11/2015 às 11:39 por Wilson ADM

c06c43b4e774fa91a445a8a4b9311187

Fácil dizer que a humanidade deveria ser perfeita. E que deveria existir cada vez mais pessoas que dessem bons exemplos. A flor do deserto está mais próxima do que parece, nasce dentro do peito de cada um. Há bondade na vida sim. Mas é preciso trabalhar muito para transformar bondade em razão e beneficência coletiva.

O mundo está cheio de idiotas. De todos os tipos, bem intencionados ou mal intencionados, certos ou errados, racionais ou emocionais. Todos que possuem uma opinião, por melhor ou pior que seja, são inevitavelmente vistos como idiotas por aquelas pessoas que possuem outras opiniões, mesmo que concordem parcialmente. A parcial concordância é mais frequente do que a total discordância. O problema é o drama que as pessoas fazem por tão pouco.

Cada um tem seu jeito de tentar explicar tudo, o que sabe e o que não sabe. É aí que começa uma confusão tremenda de interpretações e expressões. Falem a mesma língua, expressem os mesmos gestos e sinais. Bebam do mesmo copo, e vejam o mesmo sol, nem que seja às vezes, somente quando for preciso.

Estamos andando sobre os destroços da antiga Torre de Babel, tentando entender porque ela desmoronou, e agora todos clareiam uma ideia brilhante para reconstruí-la. Se for de maneira democrática, a nova torre não sai do chão e, se houver ditadura, vão tentar derrubá-la enquanto for construída.

O ser humano é uma invenção divina que está apta para locomover-se dentro do universo das infinitas possibilidades, ou seja, triste quando ainda assim, é limitado por si e pelos outros. É um crime contra a humanidade limitar um ser humano. Um prejulgamento é um prejuízo.

A necessidade de sobrevivência moral, sexual, filosófica, ideológica, psicológica, profissional, familiar, espiritual faz com que o homem se adapte ao meio. Nada melhor do que uma conversa cara a cara para conhecer as pessoas, orientar-se pelo que está ao seu redor. Liberdade é poder decidir ser um só.

Compreender as adversidades, e trazê-las para mais perto de realidade é viver de verdade.

Todo ser humano é uma “tragédia” necessária para um “milagre” necessário… Uma luz necessária para uma escuridão necessária, a queda para o equilíbrio, a oração para o desejo. Fácil é pedir cada vez mais e mais direitos, benefícios, caprichos, riquezas… Sem saber o motivo real de tanto querer, sem examinar o preço, valor e consequências do que pedir. Se for feita realmente a tua vontade, é preciso arcar com cara e coragem, pois na lei universal, tudo que vai, vem de volta em exata e real proporção.

Aprender a falar consigo em primeiro lugar, e saber falar bem e honestamente de si, para depois aprender a falar com outros sobre o que importa. Um dos maiores problemas do mundo atualmente é a falta de comunicação, causada pela comunicação em excesso.

 

Compartilhar:

Leia também

Assine a nossa newsletter