Colunistas

avatar

Roberto de Lucena

Profissão:

Cidade:

  • Mogi recebe curso para fortalecer gestão ambiental do Alto Tietê

    A medida resulta do trabalho do deputado federal Roberto de Lucena junto ao Ministério do Meio Ambiente, desenvolvido a pedido do vice-prefeito Juliano Abe.

    Postado dia 3 de agosto de 2017 às 08h em Educação e Cidadania

    Foto: Reprodução

    Mogi das Cruzes sediará nos dias 10 e 11 de agosto o curso de Estruturação da Gestão Ambiental Municipal, dentro do Programa Nacional de Formação e Capacitação de Gestores Ambientais (PNC). A medida resulta do trabalho do deputado federal Roberto de Lucena (PV-SP) junto ao Ministério do Meio Ambiente, desenvolvido a pedido do vice-prefeito Juliano Abe (PSD). 

    “O deputado sabe como poucos o quanto os municípios precisam de apoio para fortalecer a gestão ambiental pública compartilhada entre as três esferas de governo, com a participação da sociedade civil. Essa formação ajudará muito no processo de capacitação dos gestores, servidores, técnicos ambientais e outros atores sociais responsáveis pela implementação da Política Municipal do Meio Ambiente, por meio da consolidação do Sistema Municipal de Meio Ambiente”, avaliou Juliano que fez o apelo Lucena em 23 de junho último, quando recebeu o parlamentar na Prefeitura.

    Com formato semipresencial e gratuito, o curso tem carga horária de 96 horas, sendo 16 horas presenciais e as demais à distância.  A formação presencial será realizada nos dias 10 e 11 de agosto, das 9 às 18 horas, no auditório VIP da Universidade Braz Cubas (UBC), com destaque para a oficina sobre “Elaboração de Projetos para Capacitação de Recursos e Fontes de Financiamento”. As informações sobre o curso a distância serão fornecidas no final do evento presencial. As vagas são limitadas. Para participar, é necessário se inscrever na página http://bit.ly/PNFMogiDasCruzes ou pelo Facebook: http://bit.ly/GestaoAmbientalMogi.

    Lucena contou que o vice-prefeito se mostrou muito interessado em trazer o PNC para a Cidade e para a região. “Ele é especialista na área ambiental e conhece as deficiências enfrentadas por gestores e técnicos para vencer a falta de informação e a burocracia das instituições públicas. Nossa movimentação deu certo. Esperamos contribuir ainda mais para que Mogi e todo o Alto Tietê continue avançando na qualidade da gestão ambiental. Temos uma área de mais de 60% de mananciais, trazer recursos e caminhar o desenvolvimento pela sustentabilidade é essencial”.   

    O Curso

    “Estruturação da Gestão Ambiental Municipal” é o curso do PNC com conteúdo direcionado a apoiar o gestor público no exercício cotidiano da gestão ambiental em seu município. São quatro módulos formulados para desenvolver uma abordagem sistêmica e um conjunto de instrumentos de intervenção na realidade local, tendo como foco a estruturação e o fortalecimento do Sistema Nacional de Meio Ambiente.

    Módulo 1, intitulado Sisnama – Sistema Nacional de Meio Ambiente, foca a descentralização e qualificação da gestão ambiental, abordando os desafios do setor no contexto das mudanças sociais e ambientais do mundo globalizado. Ancorada na complexidade das transformações, a formação convida a repensar o conceito de meio ambiente

     

    além da biologia, visando buscar a tão falada sustentabilidade nos municípios. Para atingir a meta, é imprescindível estruturar a gestão ambiental com enfoque sistêmico, considerando o pacto federativo e o Sisnama como forma de responder a esses desafios, trabalhando na implantação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) em âmbitos local, nacional e internacional.

    Estruturação do Sisnama em Âmbito Municipal intitula o Módulo 2. Fornece orientações sobre como estruturar e fortalecer os órgãos ambientais municipais, descrevendo as finalidades e atribuições do Conselho, do Órgão Ambiental e do Fundo M

     

    unicipal de Meio Ambiente. Mostra os passos para a instituição do Sistema Municipal de Meio Ambiente e discorre sobre os “ingredientes de sucesso” do sistema: base legal, participação social, pessoal qualificado e bom uso dos recursos. O módulo também explicita instrumentos da gestão ambiental municipal, como avaliação de impacto ambiental e licenciamento, monitoramento da qualidade ambiental e fiscalização, educação ambiental e gestão da informação. Trata ainda da importância dos consórcios intermunicipais como facilitadores do exercício dessas e outras competências.

    Módulo 3Planejando a Transição do Município para a Sustentabilidade, discorre sobre as diferentes formas de planejar a gestão ambiental no município com vistas à sustentabilidade. Apresenta as diferentes possibilidades de planejamento, considerando o ambiente externo e interno à cidade. Também aborda a necessária mobilização dos diversos segmentos sociais e a gestão dos conflitos decorrentes de interesses divergentes, enfatizando o papel desempenhado pela comunicação e educação ambiental no processo. Além disso, amplia a percepção do que são recursos e onde encontrá-los, considerando as parcerias em torno da sustentabilidade.

    O  exercício de uma visão integrada do desenvolvimento municipal é o objetivo do Módulo 4 do curso, chamado Temas Emergentes para a Gestão Ambiental Integrada da Sustentabilidade Municipal. São tratados assuntos com os quais o Sisnama mantém interfaces, dadas sua importância para o alcance da sustentabilidade e seu entrelaçamento nas diversas esferas da administração municipal. São eles: desenvolvimento rural sustentável, resíduos sólidos, gestão integrada de recursos hídricos; conservação da biodiversidade, mudanças do clima e o seu enfrentamento no município.

    A formação inclui a realização de sucessivas aproximações e diagnósticos da realidade local, com o objetivo de que, no fim do percurso, o participante tenha ampliado sua percepção sobre as temáticas tratadas e esteja apto a atuar de forma planejada e contando com um elenco de parcerias anteriormente não visualizadas em prol da gestão ambiental de seu município.

    A modalidade semipresencial (16 horas presenciais e 80 horas à distância) facilita a participação dos interessados e vence barreiras geográficas para adesão ao curso. Além disso, o desenvolvimento do curso na plataforma Moodle permite a troca de experiências entre os envolvidos com a supervisão técnica de gestores ambientais. Eles têm expertise na temática e atuam como tutores do processo formativo.

    Formação presencial: 10 e 11 de agosto, das 8 às 18 horas, no auditório VIP da UBC (Av. Francisco Rodrigues Filho, 1.233, Mogilar, Mogi das Cruzes/SP)

    Inscrições: http://bit.ly/PNFMogiDasCruzes ou pelo Facebook – http://bit.ly/GestaoAmbientalMogi

    Mais informações: (11) 97401-5141 e (11) 94797-0896

    Compartilhar:

Página 1 de 11