Colunistas

avatar

Natalia Frateschi

Profissão: Promotora de eventos

Cidade: Suzano

  • Caldo verde

    O caldo verde é uma receita galega simples e deliciosa

    Postado dia 19 de agosto de 2016 às 09h em Gastronomia e Receitas

    caldo verde

    Foto: Reprodução/Internet

    Como boa filha de português que sou, qualquer caidinha na temperatura é motivo pra preparar um caldo verde beeeem grossinho, com azeite e pãozinho italiano, acompanhado de um bom vinho.
    Vamos à receitinha de família:

    • 1kg de batata
    • 200gr de Bacon
    • 1 maço de couve picada
    • 1 cebola grande picada
    • 3 gomos de linguiça calabresa fatiada
    • 3 dentes de alho
    • Sal a gosto

    Modo de preparo:

    • Cozinhe as batatas descascadas e cortadas em uma panela de pressão por 15 minutos. Depois de cozidas amasse-as com um garfo e reserve.
    • Pegue uma panela grande, frite o bacon em cubinhos e a calabresa, adicione a cebola picada e o alho. Deixe os dourar.
    • Adicione a batata e cubra com água, acrescente a couve e o sal a gosto. Mexa por 5 minutos e desligue.
    • * Dica: rale um parmesão bem fininho e jogue por cima do caldo bem quente e regue com azeite. Não tem quem resista.
    Compartilhar:

  • Picanha com cerveja preta: o papai merece!

    Presenteie seu pai com um prato delicioso!

    Postado dia 12 de agosto de 2016 às 09h em Dia dos Pais

    cerveja

    Foto: Reprodução/Internet

    O que o seu pai prefere? Uma boa picanha ou uma cervejinha?

    Que tal se juntarmos as duas opções e fizéssemos almoço para ele no dia dos pais? Ele vai babar!

    Picanha com cerveja preta

    INGREDIENTES:

    * 2 colheres (sopa) de óleo
    * 1 cebola picada
    * 2 dentes de alho picados
    * 1,5 kg de picanha (1 peça)
    * 1 lata de molho de tomate
    * 1 lata de cerveja escura
    * 1 pacote de creme de cebola
    * 1/2 xícara (chá) de azeitona verde picadas

    Na panela de pressão, aqueça o óleo, doure a cebola e o alho. Coloque a picanha com a gordura virada para baixo. Deixe dourar bem e vire do outro lado. Acrescente o molho de tomate, a cerveja, o creme de cebola e a azeitona. Tampe a panela e deixe cozinhar no fogo brando (160 ºC) durante 30 minutos depois do início da pressão. Desligue o fogo, deixe sair a pressão naturalmente. Coloque a carne em uma travessa e sirva com o molho.

    Feliz dia dos pais!

    Compartilhar:

  • Vamos fazer polenta com shitake?

    Vou dividir com vocês receitinhas deliciosas para qualquer ocasião

    Postado dia 4 de agosto de 2016 às 09h em Gastronomia e Receitas

    polenta

    Foto: Polenta com shitake

    Que todo mundo gosta de curtir um bom restaurante, um boteco, uma confeitaria… Não é nenhuma novidade, né? Mas vai dizer que não é uma delícia preparar a própria comidinha em casa, sem pressa e sem gastar muito dinheiro? Pensando no sufoco que passamos na hora da fome e da pressa. Vou dividir com vocês receitinhas deliciosas para qualquer ocasião.

    Polenta com shitake

    Esta quantidade serve bem duas pessoas, é fácil e rápida de fazer e faz bonito que só. Aposto que você vai amar, comendo sozinho(a) ou acompanhado(a), ouvindo música romântica, pagode ou chorinho de nenê:

    40 gramas de shitaki seco inteiro
    1 xícara de fubá
    1/2 xícara de shoyo
    1/2 cebola picada
    Sal e pimenta a gosto
    Água quente suficiente para cobrir os shitakes
    Azeite para refogar
    2 colheres de sopa de manteiga

    1. Coloque o shitake na água quente para hidratar por 30 minutos.
    2. Retire o Shitake e reserve a água.
    3. Fatie os cogumelos em fatias finas, despreze o cabinho.
    4. Aqueça uma frigideira grande com azeite e refogue metade da cebola e as fatias de shitake.
    5. Adicione o shoyo, misture, tampe a panela e mantenha em fogo brando olhando de vez em quando, até que estejam bem macios, apague fogo e adicione 1 col. de sopa de manteiga.
    6. Coe a água onde os cogumelos estavam de molho e reserve 3 xícaras.
    7. Em uma panela, refogue o resto da cebola picada e adicione o caldo de shitaki.
    8. Tempere a água com sal e pimenta e deixe ferver.
    9. Assim que levantar fervura, adicione o fubá mexendo o tempo todo. Mantenha em fogo baixo e cozinhe (mexendo sempre) até adquirir a consistência desejada: polenta mais molinha, mais durinha… Considere que, ao esfriar, ela endurece um pouquinho.

    Monte o prato com a polenta em baixo, cogumelos em cima e saboreie essa delícia.

    Compartilhar:

Página 2 de 212