Atividade física e saúde

Atividades físicas, além de melhorarem o desempenho corporal e mental de uma pessoa, servem como prevenção de diversas enfermidades graves.

Postado dia 29/10/2015 às 11:04 por Enrique Parapar

atividades_fisicas

“Caminhar é acessível a todo mundo, o custo é zero, e os benefícios, mil. É falsa a idéia de que atividade física só funciona se praticada em academia, clube ou parque”, diz o Doutor Celso de Carvalho, Fisioterapeuta e Professor do Departamento de Fisioterapia da Faculdade de Medicina da USP. Já para o Doutor Victor Matsudo, Médico e Consultor da Organização Mundial de Saúde (OMS): “Foi caminhando que a espécie humana evoluiu no planeta e que se desenvolveram o nosso metabolismo, coração, cérebro, rins e demais sistemas orgânicos”.

Agora, verifique se você:

  • Usa a esteira ou bicicleta ergométrica como cabide;
  • Nos shoppings, apenas utiliza elevadores e escadas rolantes;
  • Em casa ou no trabalho, não sobe escadas nem anda bastante;
  • Em casa, evita tarefas como lavar, varrer e encerar;
  • Ao sair de casa, utiliza carro, metrô, trem ou ônibus;
  • Deixa o carro ao lado do estacionamento do local de trabalho;
  • Tem como principal lazer navegar na internet, jogar videogame ou assistir televisão;
  • Não possui um horário para praticar algum tipo de atividade física.

Se você respondeu sim à maioria das frases, é hora de mudar seus hábitos. Você é candidato (a) ou já é sedentário (a).

O ser humano foi programado para movimentar-se. O movimento e o raciocínio foram determinantes para o ser humano estabelecer-se no planeta e ocupar posição dominante.

A prevenção de 10 enfermidades

Quem pratica atividades físicas regularmente tem inúmeros benefícios. Há farta comprovação de que exercícios regulares diminuem o risco de 10 doenças, tais como:

  • Obesidade;
  • Diabetes;
  • Hipertensão Arterial;
  • Infarto do Miocárdio;
  • Acidente Vascular Cerebral (Derrame);
  • Hipercolesteronemia (Colesterol Alto);
  • Osteoporose;
  • Câncer de Mama;
  • Câncer de Intestino;
  • Câncer de Pulmão.

Menos enfermidades significam maior longevidade e qualidade de vida.

Benefícios da atividade física

Após o início da prática regular de exercícios, a maioria dos praticantes relata os seguintes benefícios:

  • Melhora do sono;
  • Melhora no funcionamento do intestino;
  • Aumento da amplitude das articulações, facilitando a movimentação do corpo;
  • Melhora do nível de atenção e concentração;
  • Aumento do bem-estar e disposição para o dia a dia;
  • Diminuição de dores nas costas;
  • Melhora do humor;
  • Diminuição da ansiedade e depressão;
  • Diminuição do estresse;
  • Melhora da autoestima;
  • Aumento da resistência.

Por onde começar

A partir do momento que você decidiu iniciar a prática de atividades físicas, é necessário seguir regras para que o exercício lhe proporcione benefícios. Cuidado, pois atividades físicas mal executadas podem ser perigosas para a saúde.

Para iniciar seu programa de exercícios é necessário:

  • Consultar o médico de sua confiança (preferencialmente o cardiologista ou médico do esporte) para verificar se está apto para atividades físicas;
  • Se puder, consulte o nutricionista para saber que alimentos são indicados. Não faça dietas por conta própria, isso pode ser prejudicial ao organismo;
  • Procure orientação do professor de educação física. Ele estabelecerá que atividades devem ser praticadas de acordo com suas características e programará os limites dos exercícios.

Onde praticar atividades físicas

Existem opções de locais para a prática de exercícios, tais como academias, clubes, centros esportivos, etc. Se você não tem como optar por essas opções, as praças são ótimas opções para andar/correr.

Se optar por fazer caminhadas, após a liberação médica inicie andando diariamente 30 minutos no mínimo, utilizando calçado apropriado (tênis para caminhada/corrida) e roupas confortáveis, preferencialmente de algodão.

Dicas para sua atividade física

O Professor Flávio Garcia nos ensina que:

  1. prática de exercícios, de intensidade moderada, durante meia hora por dia é suficiente para que o cidadão deixe de ser sedentário. Estes trinta minutos podem ser contínuos ou divididos em três períodos de 10 minutos cada.
  2. Quando se fala em exercícios, o mais importante é que você pratique alguma atividade que se adapte ao seu estilo de vida e que seja do seu agrado. Caso contrário, são muitas as chances de interrupções.
  3. Pequenas modificações no hábito diário – como subir escadas, saltar do ônibus um ponto antes, passear com cachorro, varrer, cuidar do jardim, lavar o carro, etc. – podem ajudá-lo a movimentar mais e servir como um estímulo para o início de uma atividade física diária.
  4. Os efeitos benéficos da atividade física ocorrem para as pessoas que se exercitam com regularidade. Aqueles com IMC entre 25 e 30 (sobrepeso), nestas condições, podem ter um risco menor de desenvolver diabetes e outras doenças metabólicas do que os sedentários.
  5. De acordo com o United States Departament of Health and Human Services, é importante que os adultos pratiquem duas horas de atividades anaeróbicas (musculação localizada), por semana, além dos 30 minutos de caminhada intensa por dia. Nos casos de pessoas com diabetes, hipertensão, obesidade e pessoas com problemas no metabolismo ósseo, por exemplo, é preciso ter um cuidado especial na escolha dos exercícios a praticar. Nestes casos, é imprescindível o acompanhamento de um profissional.
  6. 1 minuto de atividade física intensa é compatível com 2 minutos de atividade moderada. Caminhada em ritmo acelerado, hidroginástica, passeio de bicicleta e jogo de tênis em dupla são alguns dos exemplos para atividade moderada. Já a corrida, a natação, o basquete e a corrida de bicicleta são consideradas intensas.
  7. Durante a prática de um exercício físico é possível que haja uma redução na taxa de glicose da pessoa. O indicado, principalmente para pessoas com diabetes, é que carreguem consigo algum tipo de carboidrato de rápida absorção.
  8. As atividades físicas melhoram a sensação de bem-estar, diminuem a ansiedade e a probabilidade de depressão, por liberarem a serotonina (hormônio conhecido como “molécula da felicidade”).
  9. Dentre os benefícios da prática de exercícios estão: a diminuição do apetite, a melhora do humor, a perda de gordura (emagrecimento), o enrijecimento dos músculos, a melhora da imunidade e o retardo do envelhecimento.
  10. Uma recente pesquisa feita pelo Overseas Development Institute, na Grã Bretanha, mostrou que o número de adultos obesos cresceu quatro vezes nos últimos 30 anos, em países em desenvolvimento, ou seja, são mais de 1 bilhão de pessoas acima do peso.

Mãos à obra e aproveite os benefícios dos exercícios!!!

Referências Bibliográficas:

Martins, M.A. Saúde: a hora é agora: orientações de grandes especialistas brasileiros. Barueri, SP, Manole, 2010.

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Enrique Parapar

Fisioterapeuta e professor de educação física, é pós graduado em Fisioterapia do Trabalho e em atividades em academia.

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter