As mulheres heroínas do misticismo

No Dia Internacional da Mulher, é importante lembrar das líderes que se destacaram no paganismo e, dessa forma, ajudaram a desenvolver o movimento de empoderamento feminino

Postado dia 08/03/2016 às 03:00 por Anita La Fey

foto: Divulgação/Internet

Foto: Divulgação/Internet

Lá vamos nós para mais um “Dia das Mulheres”. E mimos com flores, bombons, mensagens de carinho… Mas creio que o momento atual pede mais que isso: é uma data de relembrar o sofrimento daquelas que foram brutalmente assassinadas por sua luta. E honrá-las.

Muito se fala em empoderamento feminino na atualidade. Movimentos feministas, movimentos de libertação, etc., em várias áreas de atuação. Como oraculista e pagã, trago alguns exemplos de mulheres importantíssimas na história destas áreas. Foi dificílimo escolher apenas cinco, mas que elas sirvam de inspiração e aprendizado a todas nós!

pg5Pâmela Smith (1878-1951)

Inglesa, estudou Artes, e chegou a ilustrar o famoso livro “Ballet Russo” em 1913.  Porém, sua grande contribuição ao mundo Oracular e Esotérico se deu após entrar para a Ordem Hermética do Amanhecer Dourado (a Golden Dawn), onde conheceu Arthur Edward Waite.

Arthur foi um grande estudioso, e requisitou os serviços desta artista para ilustrar seu deck de Tarô: o clássico – mas sempre atual – Tarô de Rider Waite. Este baralho tem fundamental importância na história das Cartas, pois foi o primeiro jogo com desenhos inspirados pela intuição e estudos de Pâmela, conferindo vida ao conjunto que chamamos “Arcanos Menores”.

Em 2010, foi lançado um box comemorativo do centenário deste Tarô, homenageando a artista Pâmela, incluindo fotografias e outras ilustrações feitas por ela.

 

 

pg1Marie Anne Adelaide Lenormand (1772-1843)

Madame Lenormand foi a cartomante mais famosa do mundo! De grande sucesso no período Napoleônico, ficou órfã aos nove anos de idade e estudou em escolas de freiras.

Sua carreira como cartomante, atendendo inclusive líderes na época da Revolução, durou 40 anos. Marie Anne também atuou como escritora, publicando textos controversos para a época.

Devido a sua expressiva carreira, após sua morte, vários baralhos levaram seu nome. Até hoje, um dos baralhos ciganos mais utilizados por nós, oraculistas, é o Baralho Pettit Lenormand, composto por 36 cartas, criado na Alemanha, em 1845.

 

pg3Madame Blavatsky (1831-1891)

Elena Petrovna Blavatsky foi uma escritora russa, mundialmente conhecida por ter sistematizado a Teosofia e por ser a fundadora da Sociedade Teosófica.

Desde muito jovem, demonstrava possuir dons psíquicos, e após um casamento desfeito, seguiu viagem pelo mundo, buscando mais e mais conhecimentos filosóficos, históricos e esotéricos. Conheceu vários mestres, em diversas áreas. Em 1873 iniciou sua carreira “pública” nos Estados Unidos e em 1877 publicou sua primeira obra de grande destaque, Ísis sem véu.

Foi uma combatente da superstição, em uma época em que o crescimento do pensamento cientifico vinha questionando as religiões e dogmas existentes. Lutou bravamente contra o preconceito e a fé cega e incentivou a pesquisa científica, o pensamento independente, a união de Espiritualidade e Razão. Pregou a fraternidade universal e abriu o caminho para uma Escola de pensamento eclético, trazendo à luz aprendizados ocidentais e orientais, criando pontes entre ensinamentos antigos e modernos, para a evolução de cada um.

Seu lema: “Não há religião superior à Verdade”. Sua mais conhecida e importante obra publicada: A Doutrina Secreta Síntese da Ciência, Religião e Filosofia, publicada em 1888.

 

pg4Laurie Cabot (1933)

Mercedes Elizabeth Kearsey, conhecida como Laurie Cabot, é uma bruxa norte-americana, que contribuiu enormemente para a expansão do conhecimento pagão e dos ritos Matrifocais na América. Foi uma das primeiras personalidades a popularizar a Bruxaria nos Estados Unidos, assim como Starhawk, de quem falarei já já.

Laurie fundou a Cabot Tradition of the Science of Witchcraft e Witches’ League for Public Awareness para defender os direitos civis dos Bruxos. Nos idos dos anos 70, foi declarada pelo governador Michael Dukakis a “bruxa oficial de Salem, Massachusetts” em honra por seu trabalho com crianças portadoras de necessidades especiais.

É uma celebridade local em Salem – onde ainda reside e mantem sua loja de artigos para Bruxaria, baralhos, ervas, etc. –  loja que tive o imenso prazer de visitar em 2013.

É uma das bruxas vivas mais conhecidas a nível mundial, e inclusive já participou de um programa da Oprah Winfrey. E convenhamos: ela foi a primeira bruxa a ter reconhecimento por um governante por seu trabalho a favor do bem de um grupo…

Sua obra mais conhecida é: O poder da Bruxa.

 

pg6Starwalk (1951)

Miriam Simos, também norte-americana, é escritora e ativista. E bruxa assumidíssima na luta pelo empoderamento feminino, pacifismo e questões ecológicas.

Fundou uma tradição religiosa na década de 70, e desde então, atua como líder em seu seguimento.

Amplamente lida no Brasil, sua obra A dança cósmica das feiticeiras continua sendo publicada há mais de 30 anos e é tida como um best seller e uma das portas de entrada para os estudantes das práticas pagãs.

Em 2003 foi premiada por seu livro “Webs of Power: Notes from the Global Uprising”, que traz artigos políticos. Nos anos 80, foi coautora de uma série televisiva, “Espiritualidade Feminina”, com três filmes.

Também é fundadora da Earth Activist Trainings (EAT), que traz formação em permacultura. Há aulas no Canadá, Estados Unidos e Europa, e desde 2001 graduou mais de 1000 alunos, que desenvolvem atividades até na Bolívia e Palestina!

Enfim, sua participação ativista vai de artigos a vídeo-documentários sobre questões ecológicas mundiais, filosofia da não-violência, feminismo, neo-paganismo e cultura à Deusa ao redor do mundo, trazendo luz sobre estas questões e incentivando pagãos de toda parte na luta por seus direitos e cumprimento de seus deveres, como habitantes deste planeta que tanto precisa ser cuidado.

Um Feliz e Consciente Dia Internacional da Mulher!

 

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Anita La Fey

Contabilista, com MBA em Finanças e Controladoria, porém sua grande paixão são Oráculos e Terapias Holísticas, com o que também atua.

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter