Artistas a favor da democracia

Artistas entraram de cabeça no movimento que luta para impedir que aconteça o golpe descarado que está em curso para tirar a presidente Dilma Roussef do poder que 54 milhões de pessoas lhe deram

Postado dia 07/04/2016 às 08:00 por Cidão Fernandes

artistas

Foto: Reprodução/Internet

Não é de se assombrar essa postura, uma vez que quando uma ditadura ou um sistema de redução de direitos sociais entra em vigor, são as artes que mais sofrem, justamente pelo seu caráter transgressor já conhecido e praticado ao longo da história.

Costumo dizer que artista custa bem barato no quesito cooptação, haja vista as discrepâncias cada vez mais recorrentes em discussões sobre editais públicos que não avançam em busca de abarcar o maior número de grupos e artistas, formando aí um baita lobby que cria um certo tipo de classe social dentro do meio. Sempre disse. Há sim esse conformismo e corporativismo.

Mas sabemos que dinheiro nenhum pode trazer a liberdade da livre expressão e a felicidade da troca com o público. Esses encontros valem ouro e é exatamente isso que os artistas de vários segmentos estão defendendo.

Katia Manfredi

Katia Manfredi

Estamos num momento no Brasil que não dá pra ficar mais em cima do muro. Apesar de tentarem desmentir toda hora, está sim em curso um golpe institucional. A história já nos mostrou várias vezes que rapidamente este se transforma em fascismo e coloca toda uma população em estado de estagnação em todas as esferas.

Portanto, não podemos achar que a responsabilidade é de um governante, sendo que todo um sistema nos empurra para eleger sempre o menos pior. Há alternativas em curso, mas não será com um golpe institucional que acharemos a saída.

Os artistas são sobreviventes de seus sonhos e lutar por ele é o seu maior legado. Lutar na sua comunidade – para aqueles que o fazem – é sua pedra sempre bruta sendo sempre lapidada e nunca acabada. Acompanhe também essa movimentação nas redes sociais. Entenda porque personagens como Letícia Sabatela, Wagner Moura, mas também dezenas e dezenas de coletivos e artistas do Brasil inteiro, ligados principalmente ao teatro, fez um vídeo denunciando a forma no mínimo arbitrária com que todo esse processo está sendo conduzido e abramos a cabeça para acharmos, todos – uma alternativa de verdade para o país.

Artista custa barato para cooptação, mas vende muito caro – quando vende – a sua liberdade. Parece paradoxal né? Pois é sim. É que artista não precisa negar suas contradições (apesar de fazer isso com uma maestria linda).

Estamos em luta pela democracia. Todos!

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Cidão Fernandes

Ator, diretor teatral e produtor artístico. Diretor Geral do Teatro da Neura, grupo com 11 anos de trabalhos sediado em Suzano. Militante cultural e curioso.

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter