Aprenda como lidar com a acne

Essa talvez uma das doenças mais incômodas e recorrentes nos consultórios. Pensando em te auxiliar a driblar o problema, confira informações a respeito das famosas espinhas

Postado dia 14/02/2017 às 09:00 por Ariovaldo Ribeiro

 

acne

Foto: Reprodução

Problemas com a acne não são exclusivos para homens, mulheres ou grupos sociais: pesquisas apontam que cerca de 20% da população em todo o mundo sofre ou já sofreu com este tipo de situação.

Existe, claro, uma faixa etária em que problemas com espinhas são mais comuns. Caso da adolescência, que acomete os meninos com idade que varia de 14 a 16 anos e, no caso das meninas, mais novas: entre 11 e 13 anos. Mas como surge a acne? Vinculado à produção de hormônio, o aumento da oleosidade na pele pode gerar o ambiente ideal para infecções por bactéria e por consequência a inflamação.

Alimentação

O aparecimento de acne também está relacionado a uma alimentação baseada no consumo de gordura e alimentos que apresentam alto índice glicêmico. Por isso que não podemos julgar somente o chocolate como o responsável por tais aparições: alimentos ricos em carboidratos também estimulam o aparecimento de espinhas.

Conheça a doença

Segundo uma pesquisa feita por mim e pela minha equipe da Similia Homeopatia e Saúde, a acne é dividida em vários graus. Essa subdivisão define também os tratamentos adotados para cada caso. Por exemplo: durante a adolescência, entende-se que este é um período limitado para que a doença apareça e também suma.

acne2

No entanto, há consequências dessa fase que pode prevalecer por toda a vida, como sinais e cicatrizes quando não tratado adequadamente.

Quando o caso do aparecimento de espinhas é considerado leve, o tratamento pode ser feito em casa, atentando-se essencialmente a uma rotina que tenha sabonete, adstringente e também hidratantes próprios para peles oleosas.

Quando a situação é diagnosticada como moderada, os cuidados requerem acompanhamento de lasers a fim de evitar manchas aliados a produtos voltados ao tratamento de acne.

Em situações tidas como graves, utiliza-se a isotretinoína, medicamento que desencadeia efeitos colaterais e por isso deve ser unicamente usado em diagnósticos graves. Sua função é reduzir a produção de oleosidade.

A limpeza de pele é ideal quando há bastante cravos que precisam ser removidos e a esfoliação é indicada pelo menos uma vez por semana. Eu oriento sempre que o paciente busque acompanhamento profissional antes de iniciar qualquer tratamento.

 

#:
Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Ariovaldo Ribeiro

Médico homeopata especializado, Especialista em Homeopatia pela Associação Médica Homeopática Brasileira.

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter