APAMPA e ACAAPESP unidas a favor de motoristas autônomos

O intuito é regularizar a profissão de motoristas que atendem via aplicativos como o Uber, proporcionado a eles direitos e benefícios, além de garantir a segurança e a integridade desses profissionais

Postado dia 16/06/2016 às 09:00 por Wilson ADM

apampa

Foto: Reprodução/Internet

Em uma reunião ocorrida  no dia 13 de maio na sede da ACAAPESP (Associação dos Consultores, Assessores e Articuladores Políticos do Estado de São Paulo), foi decretada a fundação da APAMPA – Associação dos Parceiros em Aplicativos  Motoristas Profissionais Autônomos.

A APAMPA é uma associação que tem como missão lutar pelos direitos e benefícios dos motoristas profissionais autônomos em aplicativos de transportes de passageiros no Brasil. Além do famoso Uber, plataforma mais poderosa atualmente, a associação também engloba profissionais que atuam em outras plataformas entre outros que surgem no mercado atendendo uma grande demanda cada vez mais crescente.

Foto: Membros da ACAAPESP e da APAMPA no dia da fundação da associação - Por Wilson Neves

Foto: Membros da ACAAPESP e da APAMPA no dia da fundação da associação – Por Wilson Neves

Carlos de Barros é motorista profissional autônomo, morador da cidade de São Paulo. Assumiu a presidência da diretoria da APAMPA – (Associação dos Parceiros em Aplicativos  Motoristas Profissionais Autônomos). A associação foi fundada no dia 13 de maio.

O primeiro passo dado pela associação é cobrar uma postura do governador Geraldo Alckimin em relação a maior segurança dos profissionais que trabalham com esses aplicativos de transporte. Atualmente 250 profissionais estão ligados com a APAMPA. A ideia é ampliar o alcance da associação utilizando redes sociais como o whatsapp, buscando também benefícios como seguros de automóveis, de vida e de saúde, além de guinchos e outros direitos que são atrativos para o grupo, para que eles possam dialogar e realizar acordos coletivos, podendo assim otimizar os recursos para trabalhar melhor e com menos custos. O intuito atualmente é expandir a APAMPA para todo o Brasil.

Foto: Carlos de Barros - Presidente da diretoria da APAMPA - Por Wilson Neves

Foto: Carlos de Barros – Presidente da diretoria da APAMPA – Por Wilson Neves

Sobre os conflitos com os taxistas, Carlos de Barros acredita que os taxistas devem fazer uma reflexão, pois o Uber, por exemplo, não é um fator predominante que prejudique o trabalho dos taxistas. “Os taxistas, em 75 anos de serviços, acabaram se acomodando, então um aplicativo como o Uber vem para sacudir o mercado e melhorar a opinião pública dentro da área de transporte”, afirma o presidente da diretoria da APAMPA.

Sobre os valores cobrados, os aplicativos oferecem uma qualidade de serviço diferenciada e preços competitivos. Devido a isso, há uma tendência de crescimento desses serviços. À medida que o governo percebe o crescimento do uso desses aplicativos voltados para transporte particular, maior é a possibilidade de receberem apoio e incentivo das autoridades.

Os motoristas também fazem um apelo para que a população incentive o uso desses aplicativos, para que não haja mais agressões ou atentados violentos com os trabalhadores.

São necessárias medidas firmes para que taxistas agressores sejam severamente punidos, pois muitas famílias de motoristas particulares sofrem e ficam apreensivas devido à perseguição atual, consequência da tentativa de eliminação da concorrência de forma desleal e opressora.

 

 

Mogi das Cruzes contra o Uber?

#:
Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Wilson ADM

Publicitário e especialista em Marketing, fundador e diretor da revista digital “Sociedade Pública”. Acredito no ser humano e num futuro onde a comunicação verdadeira e clara é uma ferramenta de integração e de entendimento franco e pacífico entre as pessoas. Esse futuro pra mim é agora.

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter