Ano novo: a nova versão de uma velha história

É hora de olhar para dentro e ver que as mudanças não surgem com os fogos de artifício

Postado dia 02/01/2017 às 09:00 por Wilson ADM

ano novo

Foto: Reprodução

Não espere mágica e desapegue de superstições. Cor de roupa, pulos sobre ondas, acender velas, comer lentilha e fazer promessas só servem para afirmar o seguinte: Você precisa de mais sorte. Se deseja sucesso e prosperidade faça acontecer todos os dias, pois se 2016 acabou com juramentos não cumpridos, não adianta se esquivar da responsabilidade que cativou de livre e espontânea vontade.

Pare de colocar a culpa de todo o mal somente no governo, seja ele qual for e de quem for. As lideranças mundiais estão corrompidas. Chega de murros em ponta de faca e de tanto vitimismo. Seja mais original e procure defeitos dentro de si para corrigir e qualidades para aflorar. Comece por aquilo que está verdadeiramente ao seu alcance. Essa prática necessita de uma atenção mais sutil, mais útil a curto prazo. Claro que as decisões tomadas pelos homens e mulheres que estão no “poder inferior” afetam diretamente a vida de todos, mas as decisões tomadas por um ser responsável e consciente, também. Já diria Gandhi: “Seja a mudança que você quer ver no mundo…”.

Ser a mudança que quer ver no mundo, não é tão simples, então, melhore seus pensamentos e atitudes o quanto antes para experimentar uma vida livre de tantos apegos inúteis.

Não será escrita aqui nenhuma retrospectiva sobre 2016, mas sim, uma otimista visão do que pode ser 2017. Se não foi possível aprender com os próprios erros, então aprenda observando os outros errarem, e sinta o quanto isso pode perturbar a sua paz de espírito. Se felizmente um indivíduo tem seu direito de expressar-se, infelizmente, outro indivíduo possui o direito de se incomodar com uma opinião. Isso evita um tanto de aprendizados importantes e pode ser uma das chaves para que muitos conflitos estúpidos terminem.

Esse ano que se inicia traz um grande presente: a oportunidade de continuar lidando com todos os problemas do ano passado. É impossível se livrar do peso que vem carregando, se ele sai das costas, fica na consciência. Transforme todo esse peso em sabedoria e aprendizado, sinta-se mais leve, mas para isso, é preciso deixar de ser refém e se tornar um herói.

Feliz ano novo!

Compartilhar:

Leia também

Assine a nossa newsletter