Acredite na felicidade!

Não é preciso ser um guru para perceber que nas coisas simples está o verdadeiro caminho para a felicidade

Postado dia 04/02/2016 às 00:00 por Carlos Schmidt

feliz

Amigos leitores, já se foi o primeiro mês do ano e ainda me vem à mente as dezenas de pessoas com que mantive contato na virada para este 2016 e dos tantos pedidos, determinações, objetivos, metas, desejos e sonhos que foram idealizados nas mentes e nos corações destas e de tantos milhões de pessoas em todo o planeta.

Com essa lembrança também me ocorrem alguns questionamentos.

O primeiro deles é que em tantos:

“Nesse ano eu compro isso, aquilo; nesse ano troco de carro, nesse ano faço a viagem dos meus sonhos”, e muitos outros nesse ano; praticamente não ouvi de ninguém “Esse ano eu vou ser feliz!”.

Exatamente! As pessoas se colocam tão dependentes de bens materiais, de ostentação, de competição, de dependência do que a indústria do consumo aciona que se esquecem de que a felicidade não está em um ou mais itens adquiridos, mas que a felicidade é construída através de ações, de conquistas, de pequenas vitórias, de alegrias simples, de um pouco de natureza e de simplicidade! Que a felicidade é construída no dia a dia, todos os dias e que se você consegue ser feliz sozinho já pode e deve compartilhar isso com alguém porque assim você aumentará ainda mais essa felicidade!

É claro que a casa nova, o carro, a viagem e tantas outras coisas nos ajudam a ter mais conforto, a nos sentirmos mais dignos e mais orgulhosos de nossas aquisições, mas será que realmente que quem as conquista tem a credencial para ser feliz? É possível afirmar?

Experimente um 2016 de maneira diferente, com um pouco mais de leveza.  Se perdoe mais, projete objetivos de rápido alcance afinal pequenos e simples objetivos quando alcançados trazem um mesmo grau de satisfação do que os mais longínquos.

Use um pouco mais da razão para compreender suas limitações e um pouco mais da emoção para experimentar o que a vida lhe oferece em abundância.

Utilize o aprendizado de tudo o que você já passou para ser mais generoso e compreensivo com o próximo e principalmente para com você!

Não coloque a responsabilidade da sua felicidade nas mãos e nas ações de outrem, assuma esse compromisso com você! Essa parceria pode e vai dar certo!

Ah! Não se esqueça também de pegar um solzinho de vez em quando, de assistir um pôr ou nascer do sol, andar descalço na grama; quem sabe até começar ou retomar uns exercícios durante a semana para lembrar que isso também é prazeroso e ajuda em tudo o mais que você for realizar.

Encontre mais os amigos e quando conversar olhe um pouco mais nos olhos de cada um, ponha mais para tocar aquelas músicas que você adorava ouvir e que tantas boas recordações lhe trazem!

Viva, respire mais fundo, aprecie as tantas coisas simples que lhe rodeiam. Pare e pense que existem pessoas que lhe amam, que se preocupam com você. Lembre-se da sua responsabilidade, para com você e para com essas pessoas. Então seja mais leve e sinta como isso vai repercutir.

O outro ponto que eu gostaria de abordar é justamente lembrar a essas mesmas pessoas que me referi ao iniciar nossa conversa, caro leitor, de qual o movimento que estão fazendo para realizar os objetivos idealizados no início do ano. Ainda estão focados? Estão seguindo um organograma para ver quais passos já foram tomados? Esses passos foram acertados? Precisa mudar algo? Está lhe trazendo muita ansiedade? É mesmo isso que eu estou querendo?

Enfim, como disse o ano está correndo, a mais de 30 dias passamos para 2016 e se eu tivesse tido a oportunidade de lhe desejar algo esse algo seria “Ousadia”!

Ousadia para construir sua felicidade, ousadia para sair das ideias pré-concebidas, ousadia para o novo, ousadia para expulsar o medo da sua vida, ousadia para você acreditar que é capaz, ousadia para você se por a prova e ousadia para você se regozijar com seu sucesso!

Não é preciso ser um guru para perceber que nas coisas simples está o verdadeiro caminho para a felicidade.

Então, como tenho escutado do meu filho:

– Bóra Lá!!!

Pegue o caminho e seja feliz!!!

Até nosso próximo encontro!

Sempre toda a Paz!

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Carlos Schmidt

Iniciou suas atividades na área Holística no ano de 1993. Experiência como argiloterapia, shiatsuterapêuta e acupunturista.

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter