A solução para evitar o caos brasileiro

Pelas manifestações populares estrondosas que ecoam pelo chão brasileiro desde 2013, o sinal está claro: Chega de corrupção!

Postado dia 30/11/2015 às 00:00 por Vitor Pedroso

brasilia

Salve,

O Brasil está de quatro perante seus administradores. O presidente da Câmara é investigado por corrupção, o do Senado também, e a Presidente da República… Essa dispensa comentários. O STF está contaminado em metade de seus membros.

A forma da população reivindicar seus direitos saindo às ruas vem de uma época que não existia os meios de comunicação do século XXI. Não faz o menor sentido ficar acampado em frente ao Congresso, abandonando lares, deixando de produzir alimentos e serviços para nossas crianças. Esse é um formato antiquado que beneficia os investigados, haja vista o preparo campal para enfrentar adversários despreparados para manifestações de massa. E custa caro ao bolso do manifestante que defende 93% dos brasileiros.

Impressiona que nenhum dos líderes da rebelião contra Dilma tenha defendido a DESOBEDIÊNCIA CIVIL como arma para retirar esses mandatários ridículos. Mahatma Gandhi é um exemplo antigo dessa postura, pois, conseguiu influenciar o povo indiano a não obedecer o fortíssimo comando inglês na guerra do sal, obrigando-os a deixar a Índia em paz.

A ferramenta insuflada para ocupação das ruas está ultrapassada, basta NÃO SAIR DE CASA para derrubar o governo! Já que nossos péssimos empregados na direção do país não entendem que ACABOU A FARRA, podemos simplesmente deixar de trabalhar e ojerizar (com desprezo – sem violência) seus familiares até que saiam do poder. Quantos dias os leitores imaginam que essa corja suportaria, se a população paralisasse suas atividades (e fizesse vigília na frente das casas de suas famílias, retaliando todos os negócios particulares de cada sem-vergonha) até renunciarem?

Nem é preciso muita mobilização para obriga-los ceder, basta motoristas de trens/ônibus/caminhões e taxis de todo país cruzar os braços para se instalar o horror. Quantos dias suportariam? Dois, três… Uma semana? Atrevo-me dizer que não chegaria a uma semana.

No ano de 2005 criei o site A VOZ DA MAIORIA (está para ser reaberto) porque defendi que para decidir sobre questões maiores, (como perdão de dívidas de países africanos, de obrigações fiscais para a FIFA, empréstimos para Cuba e o resto da turminha do Foro de São Paulo, retaliações comerciais pela desapropriação da Petrobrás na Bolívia e aceitação desta no Mercosul, etc) a população poderia ser consultada pela internet em tempo real, com prazo de uma semana para votar online, utilizando senha no estilo bancário para acessar sua conta e a mesma legislação que criaria essa medida especificaria que qualquer tentativa de ataque a esse sistema de consulta culminaria com penas de 12 a 30 anos de prisão e desapropriação de todos os bens dos envolvidos.

Por que políticos de bem não criam esse mecanismo para ouvir seus eleitores? Resposta: – Por que o cabresto seria total!

O grande problema é o tamanho do ego da sociedade atual, totalmente dominada pela mídia aberta, onde qualquer pessoa que ganha destaque, acaba se transformando e agindo sem humildade.

O mundo atual só respeita blocos de pessoas, e quando organizadas recebem atenção irracional, na linha do MTST, MST, CUT, UNE etc…

Não fosse o momento planetário que vivenciamos, não acreditaria que teríamos salvação. Venho atendendo o chamado do coração interligado a energias galácticas, daí estar escrevendo tentando despertar os leitores para seu poder pessoal para estancar a roubalheira adotando a NÃO REAÇÃO, ou seja, paralisar atividades até a saída dessa gente.

A solução de nossos problemas está dentro de nós, onde devemos transcender religiões e investir em nossa luz interior, nos dirigindo diretamente a Deus, sem muletas de qualquer espécie, e decidirmos com os neurônios do coração ao invés da razão.

Pense nessa proposta de paralisar o Brasil ao menos por um dia, informando que a próxima manifestação seria de três dias, com aumento para dez, caso fosse necessário, articulando em ordem crescente a medida.

Vou terminar minha mensagem deixando mais uma ideia para todos os cidadãos de bem do país, onde poderiam me acompanhar e nunca mais grafar em qualquer momento nomes carimbados como – lula, zé dirceu, dilma, lewandowiski, toffoli, eduardo cunha, renan calheiros, collor, sarney e vai afora – em letra maiúscula, deixando esse legado para a história do Brasil. Essa raça merece ser lembrada como exemplo de seres desprezíveis, que mataram milhões de anciãos, crianças e doentes pelo desvio de bilhões de dólares, fato que elegeu o país ao triste título: Campeão ‘hors concours’ de corrupção da história mundial.

Saudações Libertárias

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Vitor Pedroso

Seguindo ordem de acontecimentos : surfista, atleta de voleibol, agropecuarista, empresário surfwear, caminhoneiro, advogado e espiritualista

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter