A solidão digital

Cresce continuamente o número de pessoas que se valem da internet para os seus relacionamentos.

Postado dia 09/01/2017 às 08:00 por José Iwabe

digital

Foto: Reprodução

Todos os dias, dizem os internautas, aumenta a quantidade de amigos. Consomem horas e horas conversando por mensagens, SMS, chats de bate papo, troca de e-mails, whatsapp. Preferem estar submersos no mundo virtual que no mundo real. É um imenso contingente de indivíduos que decidem criar bolhas de isolamento do  real e entram na redoma do virtual. Por quê?

Tudo na vida é relacionamento: com Deus, com a família, consigo próprio, com parentes e amigos, com coisas, com superiores, com empregados, com clientes, etc. Relacionar-se satisfatoriamente consiste em suprir as expectativas e as necessidades do próximo. Isto nem sempre é fácil. Quando falamos em atender as necessidades, faz-se indispensável uma distinção entre vontade e necessidade. Vontades são anseios pessoais, o que elas querem, nem sempre o que necessitam. Estas são legítimas exigências para o bem estar humano e num saudável relacionamento o que a outra pessoa precisa é o que devemos estar dispostos a oferecer.

Num relacionamento pode ser difícil controlar nossos sentimentos, mas o comportamento perante o outro, sim!

Exemplifiquemos alguns comportamentos que solidificam relacionamentos:

Paciência: demonstrar autocontrole, disciplina, compreensão e aceitação da maneira de ser do outro;

Respeito: tratar as pessoas olhando o que há de melhor nelas;

Humildade: sabendo que a vida é uma contínua e mútua dependência, conviver com os demais sem arrogância;

Perdão: aprender a não guardar ressentimentos, lidar com as falhas das pessoas – sem desconhecer seus aspectos ruins – jamais alimentando desejos de vingança;

Honestidade: é libertar-se de conduta enganosa, pois a honestidade é o alicerce da confiança. Requer que você seja justo, previsível e fiel à verdade;

Compromisso: é ater-se aos princípios, a uma postura ética, cumprindo as obrigações assumidas.

Nos relacionamentos da vida real, para que seja gratificante e vantajosa para as partes, o elenco dos comportamentos acima são indispensáveis.

No mundo virtual, entretanto, tais comportamentos não são requeridos. Não há cobrança. Cada qual pode apresentar-se portar-se como for mais confortável. Se alguma amizade se tornar desinteressante, só pede um deletar para ser desfeita. Vem fácil, vai fácil. Tal é a superficialidade que caracteriza a amizade virtual.

Como a maioria dos internautas vive imerso na redoma digital, pouco tempo e atributos possuem para cultivar amizades verdadeiras e duradouras na sua vida de verdade. Isso resulta em profunda e dolorosa solidão e para compensar tal sentimento, tal qual os viciados em drogas, injetam mais cibernética nas veias, afogando-se na fantasia que os cabos óticos proporcionam.

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

José Iwabe

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter