A metarmofose feminina

Que no dia das mulheres o mundo possa oferecer a elas, o direito de ser.

Postado dia 09/03/2016 às 07:00 por Wilson ADM

mulheres

Foto: Divulgação/Internet

As mulheres cercadas de hormônios… Guardiãs de um útero que as fazem sangrar, podendo gerar uma nova vida dentro de seu proprio corpo. Por trazer novas pessoas no mundo, serve de eixo, de raiz, de núcleo base, protetora do lar, educadora… A gestora, com todas as responsabilidades que isso traz.

Porém, ela também pode decidir não gerar uma vida.

Enquanto meninas, elas convivem com todas as inseguranças que o mundo oferece: Se há suficiente beleza no corpo, se é magra, se o rosto é atraente, se o comportamento é descolado, etc… E depois, quando mulher madura, vive ainda com todos os dilemas para manter conciliada a beleza, profissão, sono, casa…

Cada dia que uma mulher conquista ser mais independentes, logo se torna mais atarefada, e com filhos, nem sempre pode contar com o apoio de outros familiares para auxiliar na criação, diferente de antigamente ou em outras culturas, que o nascimento era cercado de cuidados, principalmente dos avós.

A mulher precisa ser várias em uma, vivendo cheia de tarefas e cercada de cobranças, e estão cada vez mais sozinhas.

Em num unico ser vive a mãe, a profissional, a esposa e a dona de casa.  Assim, se contorce para atender todos que a cerca, desempenhando arduamente tudo que lhe é imposto para cuidar da familia e de si.

É uma batalha que a envolve… Ser respeitada em seu trabalho em uma missão diária pelo sustento, o trabalho de manter tudo funcionando, e que muitas vezes ninguem vê.  E quando mais velha, precisando de cuidados especiais.

Boa sorte teve aquela que pode exercer na vida, seu papel de mulher, sem ser cerceada pelo mundo das suas escolhas, de seus desejos, de suas vontades.

Há muito pouco tempo foram integradas à sociedade, com direito ao voto, alguns anos atrás eram patrimônio do pai ou marido, nos dias atuais infelizmente, ainda vemos mulheres em situação de privação de seus direitos, como mulheres escravas sexuais, ou escravas da ditadura da beleza… Cerceadas e oprimidas…

O mundo precisa ser um lugar que proporcione às mulheres a liberdade de gozarem da própria natureza, que mesmo entre todas as fases naturais, todos seus medos, indecisões e provas, possam ser quem quiserem, e que possam escolher o papel que desejarem exercer no seu tempo de vida…

Que a delicadeza da infância possa ser garantida, que todos tenham consciência do trabalho que cerca a mulher adulta, e que lhe apoiem, e que todos sejam cientes da mulher idosa que requer cuidados de todos a quem tanto doou-se.

Que no dia das mulheres o mundo possa oferecer a elas, o direito de ser.

398313_312361068868568_878893905_nAutora: Millena Souza Santos
Profissão: Editora audiovisual
Cidade: Mogi das Cruzes
Formada em direito pela Universidade Braz Cubas com licenciatura em filosofia pela Metropolitana de Santos.

Entre em contato com Millena S. Santos pelo Facebook!

Compartilhar:

Leia também

Assine a nossa newsletter