A “involução” humana

Quero compartilhar com vocês a experiência que eu tive nesse último final de semana, em um almoço de família na casa da minha avó

Postado dia 04/12/2015 às 00:00 por Carlos Silva

homem-das-cavernas-dieta-1

Olá queridos leitores, como vão?

Minha avó é uma senhora de 89 anos e muito bem disposta e, como boa mineira, adora receber seus familiares para almoçar. Pois bem, nesse almoço com boa parte da família reunida pude constatar a “involução” humana. Sim, INVOLUÇÃO.

Minha avó adora comidas gordurosas! Sempre comeu e duvido que exista alguém no mundo que a convença a parar de comer. Na sua mocidade lavava todas as roupas na mão e andava a pé pra cima e pra baixo devido a seus afazeres. Como resultado ganhou uma velhice onde ela é bem disposta e sem frescuras.

Por outro lado temos a geração dos meus tios, uma geração mais capitalista e consumista. Meus tios e tias não podem ver gordura, tem pavor do glúten e tomam remédio para absolutamente tudo. É incrível acreditar que os seres humanos que no passado eram tão resistentes hoje se transformaram nos seres mais sensíveis do planeta.

Meu tio é o famoso Zé Meningite, todo tipo de doença ele acha que tem, e na conversa que tivemos depois do almoço ele me disse que não consegue caminhar nem 3 km, coitado… “involuiu”.

Diante desse contraste dos meus tios e minha avó pude observar o quanto a vida moderna pode ser prejudicial para a nossa espécie, a humana.  Estamos cada vez mais sedentários e acomodados com o que é oferecido, nos tornando escravos do dia a dia. Problemas com obesidade e diabetes explodiram, fora as outras doenças relacionadas ao péssimo estilo de vida.

Lembrem-se: nem tudo que é bom para o individuo é bom para a espécie. Volte a ter o controle da sua vida e tenha uma vida mais saudável. Muitas das suas escolhas de hoje vão refletir na sua qualidade de vida no futuro. Desejo a todos uma velhice como a da minha avó.

Forte abraço e fui!

Compartilhar:

Sobre o Autor

avatar

Carlos Silva

Carlos silva é professor de Tênis com experiência, comentarista esportivo na Rádio Metropolitana, e praticante de corrida.

Obs: As postagens do autor são de plena responsabilidade do mesmo, o portal se isenta de qualquer conteúdo que possa ser ofensivo.

Veja mais posts deste autor

Leia também

Assine a nossa newsletter